Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Wesley cita queda para cobrar elenco grande e qualificado no Verdão

Rodrigo Martins e William Correia Santos (SP)

Quase um mês após ter seu rebaixamento decretado no Brasileiro, o Palmeiras dispensou 20 jogadores e trouxe só o goleiro Fernando Prass, ex-Vasco, e o lateral direito Ayrton, ex-Coritiba. Situação que parece afligir quem faz parte do elenco. Wesley lembra que o time caiu exatamente por não ter um grupo com muitos atletas de qualidade e experiência e faz o alerta para a diretoria buscar reforços.

“Não dá para dizer que o Palmeiras não merecia o rebaixamento. Você precisa estar sempre atento para as situações que podem acontecer. O grupo precisa de jogadores de alto nível para suprir as ausências e não foi isso que aconteceu”, disse o volante, que organizou jogo beneficente com Neymar, o técnico Narciso e o jogador de futsal Falcão nesta sexta-feira, na Vila Belmiro.

Wesley não está sozinho em sua cobrança. O técnico Gilson Kleina já exigiu mais agilidade e criatividade para os dirigentes fazerem contratações mesmo sem dinheiro e o ex-goleiro Marcos, um dos maiores ídolos do clube, já pediu à diretoria que deixe de lado as eleições presidenciais em 21 de janeiro para montar um time.

Como jogador atual, Wesley sabe bem os problemas de um elenco repleto de garotos e poucos reservas de qualidade. O volante é um exemplo de desfalque completamente inesperado, já que foi contratado em fevereiro por R$ 14,5 milhões e se machucou em abril, voltando a ficar à disposição somente em outubro. E outras ausências ocorreram, como o frequentemente machucado Valdivia e Barcos convocado pela Argentina.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Volante lembra que falta de elenco foi decisiva para o rebaixamento no Brasileiro deste ano
“Precisamos de um elenco grande, e com jogadores de qualidade para que possamos enfrentar essa maratona. Todos sabemos que 2013 vai ser repleto de desafios. Espero que dê tudo certo”, disse, reforçando que os dirigentes precisam agir. “Quem sabe é a diretoria. Eles sabem que temos um ano repleto de competições para enfrentar e precisamos de um elenco grande. Vamos ver o que vão fazer.”

Só contratações pontuais, como as duas confirmadas até agora, não serão suficientes para a disputa do Paulista, da Libertadores, da Copa do Brasil e da Série B. “Precisamos de tudo um pouco: de jogadores jovens para atuarem um pouco mais e outros experientes. Tomara que fechem o elenco com essa mescla para conseguirmos nossos objetivos”, informou.

Wesley não esquece de seu 2012 para ressaltar: surpresas acontecem. “Projetamos bastante coisa, mas nem tudo dá certo. Infelizmente aconteceu isso. Mas o ano já acabou. Agora é manter a tranquilidade para a pré-temporada e um 2013 bom”, indicou o volante, que se reapresenta no Verdão no dia 3.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade