Futebol/Paulista Série A2 - ( - Atualizado )

Geninho é comunicado que está fora da Lusa e culpa orçamento da A2

William Correia São Paulo (SP)

A Portuguesa comunicou Geninho neste sábado que o técnico não estará no clube em 2013. O treinador, responsável pela campanha que manteve o time na primeira divisão do Campeonato Brasileiro, alega que nem participou da reunião que definiu sua saída, mas acredita que o motivo é o orçamento menor para a disputa da Série A2 do Paulista.

“Eles me comunicaram que eu estou livre porque o planejamento para 2013 é com orçamento mais apertado. Meu salário não era muito baixo. Para a A2, realmente complicaria os caras”, disse Geninho em entrevista por telefone à Gazeta Esportiva.net.

“Experiente e renomado, Geninho realizou um competente trabalho à frente da Portuguesa nesta temporada. Porém, a disputa do Campeonato Paulista de 2013 requer um novo planejamento da diretoria que busca um outro perfil para o trabalho”, informou a Lusa em comunicado oficial.

Embora a publicação no site do clube informe que uma reunião na manhã deste sábado envolvendo Geninho selou o fim da passagem do técnico, o treinador afirma que não se encontrou com nenhum dirigente. “Não sei nem se a reunião foi ontem (sexta-feira) ou hoje (sábado). Eles só me ligaram me comunicando”, contou.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Técnico sai após manter o time na Série A do Brasileiro e admite: seu salário era alto para a A2 do Paulista
Geninho, contudo, imaginava que não permaneceria na equipe. “Não só eu, mas outros também vão sair. Fica muito difícil a manutenção de alguns nomes com a disputa da Série A2. No meu caso, seria realmente muito difícil uma renovação dentro dos valores que eu estava recebendo”, admitiu.

Na última conversa que teve com a diretoria, falando sobre a possibilidade de ficar, ele impôs condições. “Avisei que renovaria se houvesse um planejamento de time forte. A A2 não é um campeonato sem vergonha, é um bom campeonato. E a Portuguesa tem a obrigação de subir.”

No início deste ano, logo após a conquista da Série B do Brasileiro, Jorginho impôs condições similares, mas não chegaram os reforços pedidos e a equipe acabou rebaixada no Paulistão, selando também a saída do técnico – que conseguiu manter o Bahia na elite do futebol nacional deste ano.

Geninho assumiu a Portuguesa logo depois do Estadual. Deixa o clube após 40 jogos, com dez vitórias, 16 empates e 14 derrotas. Um 0 a 0 com a Ponte Preta na última rodada do Brasileiro, no Canindé, garantiu a 16ª posição e a permanência na Série A. Devido ao bom trabalho, a diretoria fala que pretende contar com o técnico novamente no futuro.

“Eles me deixaram portas abertas para um retorno no Brasileiro”, disse Geninho, usando as mesmas palavras do comunicado oficial da Lusa. “Agora vamos tocar a vida. Até agora, não tive absolutamente nada com nenhum outro clube”, garantiu o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade