Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Neymar se esquiva e evita declarar “torcida” no Mundial de Clubes

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Grande estrela do Natal sem Fome 2012, realizado nesta sexta-feira, na Vila Belmiro, o atacante Neymar não escapou das perguntas sobre a sua torcida na final do Mundial de Clubes da Fifa. Apesar disso, a Joia do Santos evitou declarar se irá torcer por Corinthians ou Chelsea, na decisão marcada para o próximo domingo, em Yokohama.

“Estava viajando (para os Estados Unidos), mas fiquei sabendo que o Corinthians e Chelsea venceram. Só que eu não vou torcer por ninguém. Tenho amigos dos dois lados”, disse Neymar, que atuou com jogadores dos dois times na Seleção Brasileira.

O zagueiro David Luiz, o volante Ramires e o meia Oscar são os brasileiros da equipe inglesa que estiveram com a Joia na Seleção. Do lado corintiano, o camisa 11 do Peixe já teve a oportunidade de atuar com o goleiro Cássio, o lateral-esquerdo Fábio Santos, além dos volantes Paulinho e Ralf.

Indagado sobre as declarações de um ídolo santista, Serginho Chulapa, que iria torcer pelo Chelsea, Neymar não vê problema nesse tipo de situação. “Rivalidade é assim mesmo. A brincadeira tem que existir, pois se não fosse isso o futebol não teria graça. Zoar é legal mesmo, essa brincadeira tem que ser sempre saudável. Futebol é assim, com um sacaneando o outro. Ninguém tem que ficar bravo por causa disso”, comentou.

Sobre as chances do Timão no Mundial, Neymar, que foi derrotado com o Alvinegro Praiano pelo Barcelona, no ano passado, vê os corintianos com possibilidades de surpreender os Blues. “Acho possível o Corinthians vencer, sim. Futebol é imprevisível“, emendou.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Neymar evitou polêmicas e garante que não torcerá por ninguém em respeito aos amigos de Seleção

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade