Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Bolívar pedirá para não jogar no Morumbi por questões de segurança

São Paulo (SP)

A final da Copa Sul-americana ainda renderá muita dor de cabeça para a diretoria do São Paulo. Após o sorteio dos grupos da Copa Libertadores de 2013, o Bolívar se mostrou incomodado com a possibilidade de jogar no Morumbi e pedirá à Conmebol a mudança do estádio. O motivo: falta de segurança na partida disputada contra o Tigre, da Argentina.

“Vamos pedir a troca de estádio, já que a segurança no Morumbi não é das melhores”, declarou o diretor esportivo do Bolívar, Jorge Iturralde, em entrevista ao site Bolívia Em Tu Manos. A publicação ainda relata o episódio que culminou no título são-paulino e faz questão de frisar que o Tricolor foi campeão após os argentinos não se sentirem seguros para entrar em campo no segundo tempo.

A confusão entre as duas equipes teve início após o fim do primeiro tempo. Atingido por uma cotovelada durante a etapa inicial, o meia Lucas ofereceu um algodão com sangue a um defensor argentino e desencadeou o tumulto no gramado. O incidente foi rapidamente controlado no campo, mas se estendeu aos vestiários. Os visitantes se envolveram em uma briga com os seguranças do clube e se negaram a voltar para o jogo.

Djalma Vassão/Gazeta Press
A briga entre jogadores de São Paulo e Tigre motivou o Bolívar a pedir o veto ao Morumbi na Libertadores
A diretoria argentina chegou a afirmar que um dos seguranças havia apontado uma arma para os jogadores no entrevero. A acusação foi negada pelo São Paulo e retirada pelo Tigre em seu depoimento à polícia. Após retornar ao seu país, o time ainda publicou uma montagem em seu site com fotos das escoriações sofridas pelos jogadores e fez duras críticas ao Tricolor – o técnico Ney Franco chegou a ser chamado de ‘maricón’ pelo comandante Néstor Gorosito.

O Tigre também participou do sorteio da próxima Libertadores e poderá enfrentar o Palmeiras na fase de grupos. O clube precisará disputar a etapa classificatória do torneio antes de entrar no Grupo 2. Entretanto, o julgamento do ocorrido na final da Sul-americana ainda será realizado pela Conmebol. Por ter perdido o título por W.O., o clube poderá ser eliminado da competição e perder a sua vaga em 2013.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade