Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Ganso joga 90min pela 1ª vez, dá duas assistências e sai com cãibra

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A decisão de última hora da comissão técnica tricolor de preservar todos os titulares deu a Paulo Henrique Ganso nova oportunidade de começar jogando neste domingo. Desta vez, diante do Corinthians, ele aproveitou bem, participando ativamente de dois dos gols da vitória por 3 a 1 e ficando em campo até o fim.

O primeiro passe a gol saiu aos 14 minutos. Com toque rápido de primeira, ele colocou Douglas entre a defesa e o goleiro Cássio, e o lateral, que vem sendo improvisado no meio-campo, não desperdiçou. Oito minutos mais tarde, tocou para Maicon arriscar de longa distância e acertar o ângulo direito da meta alvinegra.

"Só falta o gol", brincou o camisa 8, no intervalo da partida. Seu gol não sairia – o terceiro tento são-paulino foi novamente de Maicon, após bobeada do zagueiro Wallace –, mas a avaliação final foi positiva, apesar de sentir cãibra na panturrilha nos minutos finais. "O importante foi a vitória, é sempre bom ganhar do Corinthians", falou, sorrindo, já na descida para o vestiário.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Ganso comemora gol de Maicon após ter dado passe ao meia; primeira assistência também foi do camisa 8
O trabalho com Ganso tem sido cuidadoso. Como ele estreou depois de quase três meses em recuperação de lesão muscular na coxa esquerda,o clube procura não exigir muito dele, deixando para cobrá-lo em 2013, como salientou mais uma vez o técnico Ney Franco, neste domingo.

"Ele está passando por etapas e dando resposta, mas é um atleta para o ano que vem. Ele já melhorou de quando estreou, contra o Náutico, depois aguentou até os 15 minutos do segundo tempo contra a Ponte Preta. Agora, além da parte técnica, taticamente foi muito bem. Embora tenha ido bem, joga muito mais do que isso", analisou.

Encerrado o Campeonato Brasileiro, Ganso pode ter outras chances, porém provavelmente como reserva. O São Paulo encerra a temporada com as finais da Copa Sul-americana, diante do Tigre-ARG. O primeiro jogo da decisão continental está marcado para quarta-feira, na Argentina.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade