Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Jadson crê em 4-4-2 ao lado de Ganso para suprir ausência de Lucas

São Paulo (SP)

Nesta sexta-feira, o São Paulo conheceu seu rival na primeira fase da Copa Libertadores, que será o Bolívar (BOL) e também seu possível grupo em caso de vitória nesta fase, que terá o Atlético-MG, o Arsenal de Sarandí (ARG) e o The Strongest (BOL). O meia Jadson comentou o sorteio.

“Temos um desafio logo em janeiro, com a chance de nos classificarmos. Temos de agarrá-la com unhas e dentes, não deixá-la escapar. Pretendemos dar mais essa alegria à torcida indo para a fase de grupos da Libertadores. Com certeza temos condições de fazer isso”, analisou.

Para Jadson, a formação ideal da equipe são-paulina seria um 4-4-2 com ele e Ganso na armação, suprindo a ausência de Lucas. Para o camisa 10 do Tricolor, a equipe conseguirá superar a falta do agora jogador do Paris Saint-Germain.

“O Ganso é um grande jogador. No ano que vem, vai estar mais preparado do que no final deste ano. Já tivemos a oportunidade de jogarmos juntos, sem problema nenhum, com um ajudando o outro no meio-campoNão sei por qual formação o Ney vai optar, se manterá três atacantes ou mudará para o 4-4-2 comigo o Ganso no meio. Mas com certeza o São Paulo não perde qualidade”, comentou.

O São Paulo estreia na próxima temporada diante do Mirassol, no dia 19 de janeiro, pelo Campeonato Paulista. Logo depois, o Tricolor tem compromisso com o Bolívar pela primeira fase da Copa Libertadores da América.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade