Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Lucas leva banho de isotônico e interrompe entrevista para se trocar

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Lucas chegou sério à sala de imprensa para conceder sua última entrevista coletiva como jogador do São Paulo, respondeu a quatro perguntas com o olho marejado e, na quinta questão, levou um banho de isotônico de alguns companheiros de elenco. O meia-atacante até tentou continuar, já mais descontraído, mas um problema no sistema de som foi a brecha para ele ir ao vestiário se lavar.

"Estou me preparando bastante. Desde que cheguei aqui, sonho com esse momento de chegar a uma final, de ser campeão. Agora tenho essa oportunidade. Essa semana está sendo difícil par Amim. Estou pensando muito, tentando segurar a ansiedade, o nervosismo. Quero conquistar esse título para presentear a torcida e sair com sentimento de dever cumprido", foram suas primeiras palavras, na véspera da final da Copa Sul-americana, contra o Tigre.

Em seguida, ele iniciou os agradecimentos às pessoas que contribuíram para levá-lo ao patamar atual de venda mais cara do futebol brasileiro – a transação para o Paris Saint-Germain, ao qual se apresenta em janeiro, renderá 43 milhões de euros ao São Paulo.

"Cada dia, cada etapa da minha vida foi importante para esse momento. Aconteceu tudo muito rápido, mas tudo foi merecido também. Lutei bastante para chegar aqui, para alcançar o que estou alcançando. Não fossem as pessoas que passaram na minha vida, minha família, meus amigos, todas as pessoas que trabalharam comigo, eu não teria conseguido. Sempre procurei evoluir, aprender mais", falou.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Na última coletiva de imprensa no São Paulo, Lucas levou 'banho' de isotônico e se emocionou com colegas
Quando respirava fundo para responder outra pergunta, foi cercado pelo volante Wellington e o atacante Osvaldo. Depois, vieram os goleiros Leo e Leonardo, os laterais Douglas e Lucas Farias, com garrafas de plástico nas mãos e lhe deram um banho de isotônico seguido de abraço coletivo e tapas na cabeça.

Quando eles deixaram a sala, Lucas não se incomodou com o uniforme molhado e o cheiro de tangerina, porém a entrevista precisou ser interrompida por conta de um problema de som no microfone, e ele aproveitou para tomar banho e vestir uma roupa limpa.

Aos 20 anos, o são-paulino está de saída para o futebol francês. Negociado com o Paris Saint-Germain no meio da temporada por 43 milhões de euros, ele se apresenta ao Paris Saint-Germain em janeiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade