Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

São Paulo desmente presidente do Bota e nega penhora de cotas de TV

São Paulo (SP)

O São Paulo negou por meio de seu site oficial que tenha passado por uma penhora das cotas de televisão a que terá direito em 2013. A informação foi divulgada pelo presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, no último final de semana. Na ocasião, o dirigente alvinegro garantiu que as cotas dos quatro grandes de Rio e São Paulo haviam sido penhoradas pela Receita Federal, por conta de dívidas com a União.

De acordo com o último balanço contábil divulgado pelo São Paulo, referente ao ano de 2011, o clube recebeu pouco mais de R$ 67 milhões referente aos direitos de transmissão de televisão. Tal valor representa aproximadamente 29% dos R$ 224 milhões arrecadados no período e a maior fonte de receita do clube.

Confira abaixo o comunicado divulgado na íntegra pelo São Paulo nessa quinta:

O São Paulo FC vem esclarecer que, ao contrário do que declarou o Presidente do Botafogo de Futebol e Regatas, Dr. Maurício Assumpção, não recai qualquer penhora sobre as receitas advindas do contrato de cessão dos seus direitos de transmissão por TV. As receitas advindas de tais contratos estão totalmente livres de quaisquer ônus dessa natureza.

O São Paulo Futebol Clube conta, atualmente, com todas as certidões negativas de débito em relação a todos os tributos de âmbito federal, estadual e municipal.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade