Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

São Paulo repete superstição e usa vestiário visitante do Pacaembu

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Tal qual fez em partida da Copa Sul-americana na qual era mandante no Pacaembu, o São Paulo voltou a abrir mão neste domingo do vestiário principal do estádio municipal, tradicionalmente utilizado pelo Corinthians, justamente adversário desta tarde, em clássico pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

No jogo pelo torneio continental – contra a Universidad de Chile, pelas quartas de final –, o clube não se valeu do privilégio de escolher o vestiário. O técnico Ney Franco, por sua vez, elogiou a estrutura do Pacaembu para os visitantes e se mostrou supersticioso.

"Prefiro voltar nele sempre, a gente ganhou do Corinthians (no primeiro turno da competição nacional) usando esse vestiário. A experiência que estou tendo por enquanto está sendo excelente. O vestiário tem acomodação excelente", disse o treinador, logo após golear os chilenos por 5 a 0.

Superstição ou não, o resultado deste domingo também foi positivo. A exemplo do que ocorreu no clássico do primeiro turno, vencido por 2 a 1, o São Paulo derrotou o Corinthians de virada. Desta vez, por 3 a 1, com um gol de Douglas e dois de Maicon.

Como na Sul-americana, a justificativa para a utilização do Pacaembu no Brasileiro foi que o Morumbi recebe organização para a realização de um grande show. Nesta semana, em vez da cantora Lady Gaga, a apresentação será da também norte-americana Madonna.

Encerrado o Brasileiro, o São Paulo agora se volta exclusivamente para a decisão da Sul-americana. A primeira partida da final contra o Tigre será na quarta-feira, na Argentina. O jogo de volta, que fechará a temporada tricolor, será na semana seguinte, no Morumbi.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade