Futebol/Copa Sul-americana - ( )

Título garante ao menos cinco duelos com Corinthians no próximo ano

Tossiro Neto e Gabriel Carneiro São Paulo (SP)

Campeão da Copa Sul-americana pela primeira vez nesta quarta-feira ao abrir 2 a 0 sobre o Tigre e contar com abandono do time argentino, o São Paulo vai enfrentar o Corinthians no ano que vem pela Recopa Sul-americana, pois o rival venceu, também de maneira inédita, a Libertadores.

O clássico terá, assim, pelo menos cinco edições em 2013: além dos jogos de ida e volta da Recopa, eles duelarão certamente mais três vezes, uma pela primeira fase do Campeonato Paulista e duas pelos turnos do Brasileiro. Isso pode aumentar dependendo da campanha de ambos na competição estadual e de eventuais encontros na Libertadores e na Sul-americana.

A Conmebol ainda não confirma as datas da Recopa. Nesta temporada, o primeiro jogo entre Santos e Universidad de Chile ocorreu em 22 de agosto, e o segundo, em 26 de setembro. Após empate em Santiago, o time brasileiro saiu vitorioso ao bater os chilenos por 2 a 0, no Pacaembu.

O São Paulo disputou o tira-teima continental três vezes – todas elas na condição de campeão da Libertadores –, tendo vencido em 1993 (contra o Cruzeiro) e 1994 (contra o Botafogo). Já em 2006, caiu para o Boca Juniors, da Argentina.

Afora a Recopa, a equipe do técnico Ney Franco, que garantiu o título da Sul-americana depois de o Tigre abandonar a final perdendo de 2 a 0, sob alegação de não ter segurança para continuar a partida, vai ao Japão no início de agosto para enfrentar o Kashima Antlers, campeão da Liga Japonesa de 2012, pela Copa Suruga.

Montagem sobre fotos Gazeta Press
Em 2013, os dois campeões continentais deste ano terão a oportunidade de decidir a Recopa Sul-americana

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade