Futebol/Bastidores - ( )

Vacinado, São Paulo já se planeja para buscar a Libertadores em 2013

Gabriel Carneiro e Tossiro Neto São Paulo (SP)

 

A catimba argentina não surtiu efeito nesta quarta-feira, quando o Tigre foi derrotado no primeiro tempo por 2 a 0, decidiu não sair do vestiário por falta de segurança e acabou dando ao São Paulo o título da Copa Sul-americana de 2012. A conquista continental poderia dar a vaga na Pré-Libertadores ao Tricolor que, no entanto, vai à principal competição continental na próxima temporada pelo quarto lugar no Campeonato Brasileiro.

Após suportar o empate por 0 a 0 em La Bombonera, o time do técnico Ney Franco venceu o clube argentino em um tempo e garante estar ‘vacinado’ para a Libertadores de 2013, principal objetivo da temporada: “Pavimentamos a estrada para começar bem a temporada. Temos no dia 3 de janeiro nossa reapresentação, dia 20 o primeiro jogo do Paulista e dia 23 o primeiro jogo da Libertadores".

“Escutamos história de pancadaria, de jogador dopado, e fizeram de novo desta vez. Libertadores é assim. Não vamos mudar em nada para jogar essa competição em relação ao que fizemos na Sul-americana. Vamos fazer o nosso papel, jogar nosso futebol”, discursa o treinador são-paulino, que terá seis competições para disputar em 2013: Paulistão, Libertadores, Sul-americana, Brasileiro, Copa Suruga e Recopa. A ideia de Ney Franco é atingir o número sete e terminar o ano no Mundial de Clubes.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Recurso comum contra brasileiros, a catimba do Tigre foi superada pelo São Paulo, que agora quer a Libertadores
“Quero dar a volta olímpica em todas elas”, confia o treinador, extasiado pela primeira conquista pelo São Paulo. Desde que foi contratado para substituir Emerson Leão, em julho, Ney Franco esteve à frente do São Paulo em 40 partidas, consolidando o quarto lugar do Brasileirão e a conquista continental de forma invicta – foram cinco vitórias e cinco empates durante a campanha, eliminando Bahia, LDU de Loja, Universidad de Chile, Universidad Católica e Tigre.

Para brigar pelo título da Libertadores em 2013, o São Paulo precisará se remontar. O meia-atacante Lucas, que para o capitão Rogério Ceni representa 40% do time, foi negociado e se apresenta ao PSG no início da próxima temporada. Em busca de um jogador com as mesmas características, o Tricolor já se reforçou com Aloísio, ex-Figueirense, e Negueba, do Flamengo. Além de Lucas, Willian José sai do time para atuar no Grêmio.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade