Futebol/Torneio Internacional Cidade de São Paulo - ( )

Marta aprova presença maciça de meninos em jogo da Seleção feminina

Edoardo Ghirotto, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

O público que enfrentou a ameaça de chuva deste domingo para assistir à Seleção feminina não foi dos melhores. Entretanto, uma característica em especial chamou a atenção de Marta. A camisa 10 do time nacional não escondeu a felicidade de encontrar centenas de meninos acompanhando e aplaudindo o desempenho das garotas convocadas por Márcio Oliveira.

“A criança é o futuro de qualquer profissão. Muitos meninos sonham jogar futebol profissionalmente e se inspiram nas meninas que defenderam a Seleção hoje”, elogiou Marta. “Nós também notamos a presença de outras meninas e é super bacana ver uma torcida mista no estádio. Espero que a gente possa receber ainda mais apoio no próximo jogo.”

Indicada pela oitava vez consecutiva ao prêmio de melhor jogadora do mundo, Marta foi escalada neste domingo como uma legítima armadora. Apesar de atuar em uma posição diferente da que se acostumou a jogar pela Seleção, a atleta conseguiu ter um bom aproveitamento no segundo tempo e anotou um gol na goleada por 4 a 0 sobre Portugal.

Divulgação
Marta ficou entusiasmada com a presença de centenas de meninos na goleada por 4 a 0 sobre Portugal
A elástica vitória é um dos motivos que levam a jogadora a crer em uma melhora de público na disputa do Torneio Internacional da Cidade de São Paulo. “Fazer uma boa partida é fundamental para aumentar a admiração dos pequenos torcedores pelo futebol feminino. A gente não via esse apoio antigamente e agora isso ocorre com mais frequência. É muito importante para a Seleção contar esta torcida nos jogos feitos aqui no Brasil.”

Após estrear na competição amistosa com uma goleada, o time canarinho voltará a trabalhar para enfrentar o México na próxima rodada. A Seleção busca o tricampeonato do torneio e ainda terá de superar a Dinamarca para avançar às finais. A partida com as rivais mexicanas será realizada na próxima quinta-feira, às 21h50 (de Brasília), no mesmo Pacaembu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade