Tênis/Federer Tour - ( - Atualizado )

Azarenka se destaca com embaixadas e beijinho em jogo morno em SP

André Sender São Paulo (SP)

Partidas de exibição de tênis geralmente são oportunidades em que os atletas deixam de lado o semblante fechado dos jogos em torneios do circuito profissional e atuam de forma descontraída, com jogadas inusitadas e interação com o público. No duelo entre Victoria Azarenka e Serena Williams no Ginásio do Ibirapuera, a tenista bielo-russa seguiu a fórmula, arriscando embaixadinhas e até mandando beijinho para torcedores, neste sábado.

A partida, parte do Federer Tour, foi vencida por Azarenka por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/5. O jogo foi o único das duas atletas, primeira e terceira colocadas do ranking mundial, respectivamente, na turnê liderada pelo astro suíço Roger Federer em São Paulo.

De personalidade descontraída, a tenista bielo-russa já entrou na quadra do Ibirapuera fazendo graça. Ao som de "Ai Se Eu Te Pego", do brasileiro Michel Teló, Azarenka saiu dos vestiários dançando com um grande sorriso no rosto. Serena optou por abordagem mais conservadora, caminhando normalmente com uma bolsa a tiracolo enquanto um boleiro carregava sua raqueteira.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Azarenka foi contagiada pela música de Michel Teló em sua participação no Federer Tour
Em quadra, ambas abusaram dos erros de saque, sobretudo nos primeiros games de partida, e demoraram a empolgar o público. As manifestações das arquibancadas mais comuns foram de elogios aos atributos físicos das tenistas, não de entusiasmo com os pontos disputados.

Azarenka, que já havia arrancado aplausos com a dança de entrada, voltou a ganhar o público ao tentar sem sucesso fazer embaixadinhas com a bola no segundo game. No intervalo seguinte de jogo, a bielo-russa finalmente atingiu seu objetivo, petecando a bolinha amarela antes de trocar de lado na quadra.

Serena acabou entrando na brincadeira antes do sétimo game, quando a mascote dos Correios, patrocinador do evento, entrou em quadra e tirou Azarenka para dançar. Após observar os movimentos descontraídos da bielo-russa, a tenista norte-americana também arriscou alguns passos e ganhou aprovação da plateia.

A partida melhorou de nível, com as tenistas jogando de forma mais consistente no fim do primeiro set, e as cenas descontraídas diminuíram. Mas não acabaram. Um grito de "Azarenka linda" antes de um saque fez com que a bielo-russa interrompesse o movimento e mandasse um beijinho para seu admirador nem tão secreto.

A dança com o mascote foi o único ato performático de Serena durante a exibição. No segundo set, ela chamou a atenção dos torcedores involuntariamente com gritos após erros, rendendo risadas aos presentes. Mas o público e o jogo eram de Azarenka, que fechou a partida em um erro de esquerda de sua adversária.

"Eu realmente adoro dançar, é da minha personalidade, faz eu me divertir. Eu gosto muito do circuito, viajar, jogar em frente a grandes públicos. Esse é um lugar que não visitaríamos normalmente, então gosto de fazer algo diferente e apenas curtir", disse a líder do ranking mundial, encerrando seu discurso de agradecimento com um "Te amo Brasil" em português.

O ato final da bielo-russa foi fugir do protocolo. Ela deixou a quadra antes de receber o troféu para entregar uma bolinha a um torcedor, causando correria na equipe de segurança do Federer Tour. No caminho de volta, foi parada diversas vezes para fotos antes que finalmente pudesse retornar à quadra e encerrar oficialmente sua participação.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade