Tênis/Federer Tour - ( )

Estrelas condicionam grandes torneios no País a melhora de estrutura

André Sender São Paulo (SP)

O Brasil já demonstrou pretensão de receber grandes torneios de tênis para ter destaque no calendário da modalidade, mas as estrelas que participam do Federer Tour no Ginásio do Ibirapuera acreditam que o País ainda precisa evoluir sua infraestrutura para ganhar espaço no circuito mundial.

A cidade do Rio de Janeiro tinha o plano de se tornar sede do ATP Finals, torneio em Londres que reúne os oito melhores tenistas da temporada. A capital britânica, no entanto, recentemente renovou seu acordo com a ATP por mais três anos e recebe a competição até 2015.

“Acho que seria necessário mudar muitas coisas porque você quer fazer o máximo para os jogadores, a mídia internacional, as exigências da ATP são altas. A atmosfera é incrível, a torcida é incrível, com isso não é preciso se preocupar”, disse Roger Federer tomando o Ibirapuera como exemplo. “Talvez o ginásio seja um pouco velho, mas você precisa de mais espaço para todo mundo se movimentar com facilidade”, avaliou o suíço, recordista de vitórias no Finals.

Em 2013, o País receberá dois torneios do alto escalão do tênis mundial. O Brasil Open, ATP 250 atualmente disputado em São Paulo, e o WTA de Florianópolis, torneio que recoloca a nação no calendário do circuito mundial feminino após 11 anos e usa a competição paulistana como molde de crescimento.

Para o francês Jo-Wilfried Tsonga, que jogou em São Paulo pela primeira vez na carreira na série de exibições, a sequência de grandes eventos esportivos que o Brasil sediará nos próximos anos deve ajudar o País a melhorar a estrutura de suas arenas, possibilitando assim receber torneios maiores de tênis.

“Acho que o Brasil melhorará muito. Vocês receberão a Copa do Mundo em 2014, as Olimpíadas em 2016. São muitas coisas boas. Esse é um País imenso e no futuro creio que terão a oportunidade de receber um grande evento", afirmou o tenista francês, oitavo colocado do ranking mundial.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Estrelas esperam melhora de estrutura de ginásio para grandes torneios de tênis no futuro

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade