Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Romário detona administração de Dinamite após saída do filho

Brasília (DF)

Depois de bombardear o então técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, o deputado federal Romário já tem novo alvo. Irritado com a falta de oportunidades para o filho nas categorias de base, o Baixinho disparou contra o técnico do time sub-20, o ex-jogador Sorato, e contra o presidente Roberto Dinamite.

Assim como fazia com Mano, Romário usou seu perfil oficial no Facebook e não mediu palavras ao se referir ao ex-treinador de Romarinho, contratado pelo Brasiliense, na base vascaína. O craque usou um xingamento e a palavra medíocre para definir o autor do gol que deu o título do Campeonato Brasileiro de 1989 para o Gigante da Colina.

Os profissionais da base vascaína também foram criticados pelo político, que poupou apenas Clóvis de Oliveira e o ex-companheiro Mauro Galvão. Após chamar o clube de “casa da mãe Joana” e insinuar que seu filho não recebia chances por não ser “filho do presidente”, o Baixinho detonou a atuação de Dinamite como deputado estadual.

Divulgação/Brasiliense
Romarinho deixou a base do Vasco para atuar no Brasiliense e morar com o pai na capital federal
Confira a íntegra da nota oficial publicada por Romário:

Boa tarde, galera.

Venho aqui fazer uns comentários sobre meu filho Romarinho que assinou contrato com o Brasiliense. Tenho certeza que ele poderá definitivamente mostrar suas qualidades. Como pai, e como um dos melhores jogadores da história do futebol que fui, não poderia dizer diferente. Para mim, ele teria total condições de jogar como titular no juniores do Vasco.

Mas, como ele é meu filho e não filho do presidente do clube, infelizmente não teve essa oportunidade. E vou mais além, essa é para o atual treinador, Sorato, que nunca jogou p** nenhuma. Sempre foi um jogador medíocre. Como nunca teve personalidade como jogador, hoje é um mandado pelo presidente do clube.

O Romarinho, diferentemente de mim, na entrevista que deu deseja ao Vasco muita sorte. Eu gostaria de dizer, me referido ao juniores do Vasco, torcerei sempre para sua derrota. Principalmente enquanto tiverem pessoas incompetentes dentro e fora de campo.

Na verdade, gostaria de agradecer os únicos competente e profissional que existe hoje dentro das categorias de base do Vasco: Clóvis de Oliveira e principalmente o Mauro Galvão. Pessoas que conversei diretamente sobre a saída do meu filho e entenderam que realmente seria bom para ele, Romarinho. O resto é um bando de idiota, uma casa da mãe Joana, é o que acontece hoje no Vasco.

E o presidente, além de ser um péssimo deputado, não tem personalidade. É um horroroso presidente, sem conhecimento de administração. Não é a toa que o Vasco está nesta m**. Clube esse que tenho muito orgulho de dizer que defendi essa camisa. Não só como carioca, como ex-jogador de muitos anos, torço para que esses incompetentes metam o pé de São Januário. Acredito que muito vascaínos compartilham desse pensamento.

Por hoje é só, aguardo resposta, de qualquer um.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade