Vela/Campeonato Brasileiro de Optmist - ( - Atualizado )

Robert Scheidt aposta na revelação de talentos para 2020 no Optimist

São Paulo (SP)

O Campeonato Brasileiro de Optmist irá reunir mais de 200 participantes até 15 anos em janeiro de 2013, no Yacht Club de Santo Amaro (YCSA). A competição mirim é uma importante forma de divulgar novos talentos da vela. O maior medalhista olímpico do país, Robert Scheidt, foi revelado no torneio e aposta na aparição de atletas que representarão o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2020.

"O Brasileiro de Optimist reunirá os futuros campeões da vela nacional, aqueles que representarão o País na Olimpíada de 2020. Eu iniciei no Optimist no YCSA e tenho ótimas lembranças desta época. Será o primeiro grande teste da molecada num ambiente competitivo e isso faz diferença no futuro" ressaltou Scheidt, que se destacou tanto na classe Laser, como na Star.

Além do campeão olímpico, outros grandes nomes da vela começaram na competição, como Bruno Prada, Rique Wanderley, Peter Tanscheidt, Marco Grael e Martine Grael.

Luiz Doro/adorofoto
Scheidt acredita que atletas que estarão presentes no Optmist de 2013 poderão representar Brasil em 2020

Mesmo com 82 anos de história, o Yacht Club de Santo Amaro, um dos mais tradicionais da vela nacional, aposta que a competição em 2013 será uma das mais importantes de sua história, com a participação de mais de 1.000 pessoas envolvidas no evento de duas semanas na raia da Represa do Guarapiranga. A competição tem a chancela da Confederação Brasileira de Vela e Motor (CBVM) e chegará no ano que vem à sua 41º edição.

“É correto afirmar que o Brasileiro de Optimist será o maior evento dos últimos 50 anos da vela paulistana, desde o Pan-Americano de 1963, também organizado pelo Yacht Club de Santo Amaro. O número de atletas é expressivo e mais do que dobra levando em conta os familiares e amigos. Nossa responsabilidade aumenta, por isso contratamos os melhores profissionais, credenciados pela ISAF (Federação Internacional de Vela), para realizar a parte técnica do campeonato", afirma o Comodoro Mark Essler.

O torneio tem dois dias para inscrições e medições de barcos, 15 e 16. No dia 17 haverá a regata treino e, no dia seguinte, a cerimônia de abertura e a primeira regata oficial.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade