Vôlei/Superliga Feminina - ( - Atualizado )

Rio bate Praia Clube e acaba com última invencibilidade da Superliga

Rio de Janeiro (RJ)

O Unilever/Rio de Janeiro conseguiu uma importante vitória em casa pela Superliga Feminina nesta sexta-feira, tirando a invencibilidade do líder Praia Clube com uma vitória por 3 sets a 2, parciais de 25/17, 26/28, 15/25, 25/23 e 15/7 e se aproximando do primeiro lugar.

A ponteira norte-americana Logan Tom, do time de Bernardinho, foi considerada a melhor em quadra e recebeu o Troféu VivaVôlei, enquanto a ponteira cubana Herrera, do Praia Clube, marcou 31 vezes e foi a maior pontuadora.

Após a vitória, líbero Fabi ressaltou o equilíbrio da Superliga. “Primeiro queria ressaltar o bom nível da Superliga. Está incrível e muito gostoso de jogar, emocionante. Essa é a minha 15° participação e eu nunca vi uma edição tão equilibrada, principalmente no início. Saímos de uma situação complicada e viramos o jogo. Estávamos cometendo muitos erros em sequência, erros bobos desde a partida contra o Pinheiros. O time do Praia é muito bom, bem arrumado e ainda vai dar muito trabalho”, declarou a bicampeã olímpica.

A vitória deixa o Rio de Janeiro com 11 pontos na tabela, dois a menos do que o próprio Praia Clube, que chegou à quinta rodada como líder isolado da Superliga Feminina.

Com a derrota, o Praia Clube ficou com 13 pontos e viu o Sollys/Nestlé se aproximar com uma vitória Rio do Sul por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/14 e 25/21, chegando aos 12 pontos e deixando o adversário com três pontos na tabela.

Assim, o Sollys terá boa oportunidade para assumir a liderança da Superliga, já que enfrenta o próprio Praia Clube na segunda-feira, às 18h30 (de Brasília), pela sexta rodada da competição. Na terça-feira, o Rio de Janeiro recebe o Rio do Sul às 19h30 (de Brasília).

Divulgação
O Rio de Janeiro se recuperou de uma derrota na última rodada e bateu o líder Praia Clube

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade