Jogos Olímpicos de Inverno-2014/Bobsled - ( - Atualizado )

Decatleta participa de seletiva sonhando com vaga em Sochi-2014

Franca (SP)

O decatleta Odirlei Carlos Pessoni terá um compromisso diferente neste fim de semana. O morador de Franca, no interior de São Paulo, percorrerá os 410 km entre sua cidade e São Caetano do Sul para disputar as seletivas da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG) e tentar entrar na equipe de bobsled que tentará classificação aos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi-2014.

Odirlei integrou a equipe nacional da modalidade em 2009, mas a Seleção não conseguiu se classificar aos Jogos de Vancouver-2010.

“Agora, se Deus quiser, o Brasil vai disputar os Jogos de Sochi. É o sonho olímpico e todo atleta quer alcançar esse sonho, esse objetivo. Sou decatleta, estou sempre treinando uma coisa ou outra. Mas comecei o treino específico mesmo há uns três meses. Estou bem confiante”, avaliou Odirlei.

As seletivas deste domingo, na pista do Clube BM&FBovespa, foram idealizadas pela CBDG para encontrar atletas com potencial para disputar o bobsled e o skeleton. Como os esportes exigem força e velocidade, praticantes do rúgbi e do atletismo costumam se dar bem nos treinos.

Os atletas aprovados nas seletivas passarão a integrar a Seleção Brasileira, que deve participar de um período de treino no Canadá, além de disputar a Copa América de Lake Placid, em fevereiro e março.

“Em 2009, para tentar a vaga em Vancouver, nos preparamos na Holanda, passamos uma temporada na Áustria, fomos para o Canadá, Estados Unidos, Alemanha... Também não tenho medo da descida. Moro no interior, subo montanha, ando de moto, pratico muito esporte de aventura, gosto da adrenalina. Se o medo domina, acaba com o desempenho do atleta", afirmou o decatleta.

Divulgação
Força e velocidade fazem parte da prática do bobsled

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade