Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Em despedida, Gabriel agradece Bahia e promete empenho no Flamengo

Salvador (BA)

O meia Gabriel deu sua última entrevista coletiva como jogador do Bahia nesta sexta-feira. Contratado pelo Flamengo, o jogador viaja para o Rio de Janeiro, onde deverá ser apresentado nos próximos dias pelo novo clube.

“Posso dizer ao torcedor do Flamengo que eles ganharam um jogador responsável, que vai estar sempre com o clube para o que der e vier. Não vai faltar empenho, tenho que fazer sempre meu melhor e vai ter mais um guerreiro do lado de lá”, disse o atacante na sala de imprensa do Fazendão.

Em sua despedida, o jogador não poupou agradecimentos ao Tricolor Baiano, clube que o revelou e seu time de coração.

Divulgação/E. C. Bahia
Flamengo contou com ajuda de investidores para tirar Gabriel do Bahia
“O Bahia sempre me tratou muito bem. Nunca tive confusão para renovação de contrato e nunca quis saber do fora de campo. Entrei no Bahia sem nada, o que ganhei aqui é lucro. Queria jogar bola e sabia que o resto seria consequência. Tenho na cabeça que um dia o jogador sai do seu time. E aconteceu isso comigo. Já havia dito que só sairia se fosse bom para o Bahia. E acho que foi assim”.

Gabriel lamentou o fato de não ter conseguido atuar na Fonte Nova com a camisa do Bahia. Mas, por outro lado, mostrou-se encantado com a possibilidade de jogar no Maracanã pelo Flamengo.

“Acompanhei o Bahia na Fonte Nova como torcedor. Era sensacional. Pena que não vou poder jogar lá pelo time. Mas tem outro lado. Vou poder atuar no Maracanã. Que é um estádio que todo jogador que atuar. Se Deus quiser vou ter essa oportunidade”.

Prestes a defender o time com a maior torcida do Brasil, o meia fez questão de agradecer o apoio dos torcedores tricolores nas três temporadas em que defendeu o Esquadrão de Aço.

"A torcida do Bahia é fora de série, não tem nem explicação. Queria agradecer por tudo que fizeram por mim. Tenho a agradecer muito a esse clube, conquistei dois títulos pela base e um pelo profissional, e tive a sorte de fazer gols em todas as finais. Tenho que agradecer muito, ao presidente e a todos", finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade