Basquete/NBA - ( - Atualizado )

“Constrangido” após nova derrota, Kobe pede mudanças nos Lakers

Chicago (Estados Unidos)

O Los Angeles Lakers sofreu nova derrota na temporada da NBA, na noite desta segunda-feira, e Kobe Bryant já começa a pedir mudanças no time. Depois de perder por 95 a 83 para o Chicago Bulls, fora de casa, o ala se disse constrangido com a atuação da equipe diante do rival.

Foi a terceira derrota consecutiva dos Lakers, que agora ocupam a 12ª colocação da Conferência Oeste com 17 resultados positivos e 24 negativos na temporada. Apenas o Sacramento Kings, o New Orleans Hornets e o Phoenix Suns estão atrás da estrelada franquia da Califórnia na tabela.

“É constrangedor, nem chega a ser constrangedor. Sou um cara que dá valor à história. Jogar aqui neste ginásio, você está na casa de Michael Jordan, Scott Pippen, Phil Jackson, e apresentar este nível de basquete simplesmente não é aceitável”, disse Kobe, que marcou 16 pontos diante dos Bulls.

AFP
Kobe Bryant não ficou feliz com a atuação dos Lakers diante dos Bulls
A derrota de segunda-feira parece ter sido o estopim em uma crise entre os jogadores dos Lakers e o técnico Mike D’Antoni, contratado após a demissão de Mike Brown pelo mau início de campanha. À época, Kobe Bryant defendeu a escolha do treinador, mas agora ele pede mudanças no estilo de jogo rápido imposto ao time pelo comandante.

“Vamos ter que olhar algumas coisas. Teremos que mudar algo. Provavelmente teremos que ter mais posse de bola, deixar o jogo bem mais lento. Essa é só minha intuição. Ainda preciso olhar o filme novamente, mas definitivamente teremos que mudar alguma coisa”, avaliou.

Outro problema envolvendo D’Antoni e o elenco do Los Angeles Lakers diz respeito ao espanhol Pau Gasol. Destaque da equipe nos últimos anos, ele foi colocado no banco de reservas para dar lugar a Earl Clark no time titular e pode até ser negociado em breve.

“Nós vamos tentar resolver isso e ver o que podemos fazer. Coisas mudam, coisas acontecem. Não posso ver o futuro, mas temos que seguir”, afirmou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade