Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Apesar de novos rivais, Santos crê em acerto com Carlos Eduardo

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Se até o último final de semana o Santos disputava com o Flamengo a contratação do meia-atacante Carlos Eduardo, do Rubin Kazan (Rússia), agora a concorrência aumentou. O Fluminense, rival dos rubro-negros cariocas, bem como o Internacional-RS, entraram na disputa. Mesmo assim, o Peixe confia na vontade do jogador em atuar na Vila Belmiro e espera um desfecho positivo dessa negociação.

“Estávamos aguardando a liberação do clube russo, que já ocorreu. Nesse momento, estamos aguardando para ver se os valores batem, com o seu agente (Jorge Machado). Conhecendo os números pretendidos, vamos começar a desenvolver. Teremos uma conversação para definir o assunto”, disse o vice-presidente santista, Odílio Rodrigues, mandatário em exercício com o afastamento de Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, por licença médica.

O Alvinegro Praiano não deverá desembolsar nenhuma quantia financeira para a contratação de Carlos Eduardo, por empréstimo. Desta forma, o Santos precisa definir salários, luvas e comissões com o procurador do atleta.

O Peixe planeja oferecer um salário próximo daquele que o meia-atacante recebe no futebol russo – 210 mil euros mensais (cerca de R$ 571 mil). A questão deve ser solucionada nos próximos dias.

Enquanto o futuro de Carlos Eduardo não se resolve, o jogador, ex-Grêmio, voltou da Turquia, onde realizava período de treinamentos com o Rubin Kazan, e está descansando em Porto Alegre, no aguardo da escolha da sua nova equipe.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade