Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Arsene Wenger deseja permanência de Walcott no Arsenal

Londres (Inglaterra)

Com contrato até o final da temporada 2012/2013, o atacante do Arsenal Theo Walcott ainda não tem o futuro definido. O treinador da equipe, Arsene Wenger, já manifestou o desejo de continuar com o jogador, mas sabe da dificuldade do negócio. O francês também acredita que o atacante não esteja apenas interessado no dinheiro.

Os valores para o próximo contrato travam a neogicação neste instante, já que o clube não chegou ao que foi pedido pelo jogador. Walcott recusou uma oferta de 75 mil libras, cerca de R$ 250 mil, por semana. Para fechar a negociação, o Arsenal deve oferecer cerca de 100 mil libras semanais, algo em torno de R$ 330 mil.

Sem esconder o desejo de permanecer com o jogador, Wenger também lembrou que a negociação deve ser finalizada de forma rápida. "É muito difícil prever algo neste tipo de situação, mas eu sempre disse que o nosso desejo é resolver isso o mais rápido possível. Eu falo pela nossa posição, e nós queremos que ele fique aqui”, disse o treinador.

Sobre os valores pedidos pelo jogador, o treinador afirmou que não acredita que o atacante esteja pensando apenas no dinheiro. “É claro que eu não quero falar muito mais sobre esse assunto, porque pode ser mal interpretado. Eu não acho que ele só está interessado em dinheiro. Eu não acredito nisso”.

Os Gunners devem movimentar o mercado na janela de transferência em Janeiro, com uma oferta de 10 milhões de libras (R$ 33 milhões) pelo atacante Adrian Lopez, do Atlético de Madri. De acordo com as especulações, a equipe de Londres também pode perder o marroquino Marouane Chamakh, o francês Sebastien Squillaci e o suíço Johan Djourou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade