Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Carleto prioriza marcação para ganhar posição do "amigão" Cortez

Tossiro Neto Cotia (SP)

Nos dois anos em que atuou emprestado por outras equipes, Thiago Carleto não deixou de acompanhar o São Paulo à distância. Em 2012, por exemplo, viu Cortez evoluir após exigência de melhora na marcação. E é nesse ponto que ele foca para tentar ganhar a posição do concorrente, do qual já diz ser "amigão".

"A torcida cobra muito que os laterais marquem, sejam aguerridos, porque temos muitos jogadores bons na frente. O Cortez aprimorou muito", disse. "No Fluminense, eu comecei naquele impasse de não saber se marcava ou se jogava, mas entrei no esquema. Aqui não vai ter problema nenhum".

A promessa parece não ser da boca para fora. Hoje aos 23 anos, Carleto reconhece não ter ido bem em sua primeira passagem pelo clube por não se aplicar o suficiente. Algo que, agora pai de família, ele diz que não se repetirá.

"Tenho uma esposa linda, já tinha na época, na verdade, mas não estava com a cabeça totalmente focada. Não sabia o que eu queria. Tenho uma família linda e, fora de campo, me estabilizei. Isso me ajuda profissionalmente. Estou totalmente mudado", jurou.

Para ganhar a posição, porém, não basta ter a confiança de Ney Franco. Carleto precisará mostrar serviço quanto tiver oportunidades. Nos primeiros jogos da temporada, o titular continuará sendo Cortez, conforme antecipou o comandante tricolor no primeiro treino tático da pré-temporada, em Cotia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade