Futebol/Mercado - ( )

Com Tardelli mais longe, Galo muda o foco para se reforçar

Belo Horizonte (MG)

De acordo com Eduardo Maluf, a torcida do Galo vai ter que esperar mais um pouco por uma grande contratação para a temporada. O diretor de futebol atleticano afirmou que a negociação do atacante Diego Tardelli com o Al-Gharafa, do Catar, principal nome na pauta do time mineiro, está complicada, mas que o presidente Alexandre Kalil corre atrás de outro reforço de peso.

“O Tardelli fez oito gols em quatro jogos. E falava sempre que estava muito feliz. Os árabes olham muito esse lado. Quando o jogador mostra que quer voltar, que está insatisfeito, eles mudam a situação dele. O Tardelli é ídolo, não é fácil de tirar, e o clube, financeiramente, é rico”, explicou Eduardo Maluf em entrevista à Rádio Itatiaia.

Eduardo Maluf, no entanto, garantiu que o presidente Alexandre Kalil busca reforços para a temporada. Com a improvável contratação de Tardelli, a diretoria muda o foco, mas não revela ainda os possíveis nomes para não atrapalhar as negociações.

“Tudo que a gente falar sobre o Tardelli ou outro jogador não nos ajuda, só nos atrapalha na negociação. Mas o torcedor pode confiar. O presidente está antenado, acha que o time precisa de um grande nome, e nós estamos atrás desse jogador”, completou o diretor atleticano, que tenta montar um time forte para a disputa da Libertadores.

Maluf também revelou que o volante Adriano, que rescindiu contrato com o Santos, foi oferecido ao Atlético-MG, mas o negócio não interessou ao clube, lembrando que o treinador do Galo já pediu um jogador para o setor. Para Cuca, um volante e um atacante são necessários para fechar o elenco de 2013.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade