Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Corrêa divide responsabilidade e diz não guardar mágoas do Palmeiras

Eduardo Mendoza, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

O volante Corrêa foi um dos principais jogadores na campanha do acesso do Palmeiras à Série A do Campeonato Brasileiro em 2003 e retornou ao clube em 2012 após passagem pela Ucrânia. Um rebaixamento, seis meses e 17 atuações apagadas depois, foi liberado para Portuguesa para a temporada de 2013. Fora do Verdão, o jogador de 32 anos garante não guardar mágoas ou julgar que sua história na equipe tenha sido menosprezada.

“Tenho uma história legal, são mais de 200 jogos pelo Palmeiras, mas não tenho mágoas. Agora é vida nova, olhar para frente. Fico triste pelo que aconteceu e pelos meus amigos, fico torcendo para que tudo volte ao normal, mas vou dar sequência à minha carreira”, declarou o atleta.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Corrêa foi apresentado pela Lusa nesta quinta-feira
O jogador admite ter uma parte da responsabilidade pelo rebaixamento alviverde. Para ele, no entanto, o ocorrido se deve à uma combinação de fatores menos visíveis. “Futebol tem muitos fatores que as vezes não aparecem tanto. Foi uma junção de fatores que as vezes acaba indo para dentro do campo. Todo mundo tem responsabilidade e cada um tem que assumir a sua parte”, analisou.

Para o meio-campista, porém, a equipe não estava jogando mal: o azar teve parte decisiva na fraca campanha. “Futebol é resultado, você tem que ganhar e nós não ganhamos. Chegou um ponto em que estávamos jogando bem, mas a bola não entrava quando o chute era nosso e, quando era dos adversários, desviava no nosso zagueiro e entrava”, afirmou.

Corrêa ainda falou sobre sua relação atual com o Palmeiras, garantindo o carinho e a torcida pela equipe na segunda divisão nacional. “É complicado, futebol é assim. Tenho um carinho muito grande pelo Palmeiras, torço pra que ele volte para a primeira divisão e espero fazer um grande trabalho aqui para que a Portuguesa também seja promovida”, comentou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade