Futebol/Bastidores - ( )

Dirigente do Anzhi nega interesse em Kaká: "Fica no Real ou Milan"

Makhachkala (Rússia)

Um dos clubes mais poderosos financeiramente do leste europeu, o Anzhi Makhachkala foi apontado pelo  jornal espanhol AS como um dos clubes interessados na contratação do meio-campista Kaká, do Real Madrid. Entretanto, em entrevista ao canal Dozhd, o diretor da equipe russa, German Tkachenko, desmentiu a possibilidade de acerto com o atleta brasileiro.

“O Anzhi nunca manteve conversas com o Real Madrid ou com Kaká sobre da sua contratação. Vamos esperar. O Kaká fica no Real Madrid ou vai para o Milan”, explicou o dirigente.

Treinado com pelo holandês Guus Hiddink, o time do Daguestão conta com importantes atletas em seu elenco. João Carlos, Ewerton e Jucilei são os jogadores brasileiros do plantel, que ainda conta com nomes como o meio-campista francês Lassana Diarra e o atacante camaronês Samuel Eto’o.

Desprestigiado pelo treinador José Mourinho, Kaká chegou ao Real Madrid em 2009, contratado junto ao Milan por 65 milhões de euros (aproximadamente R$174,7 milhões), mas jamais justificou o investimento no clube espanhol e sofreu com problemas físicos. Com a chegada de atletas como Mesut Ozil, Di María e Modric, perdeu ainda mais espaço com o técnico português e não conseguiu assumir papel de protagonista.

Em negociações com o Milan neste ano, o meio-campista quase acertou retorno ao time rubro-negro, mas questões burocráticas em relação ao pagamento do salário do atleta impediram que a negociação fosse concretizada. Além da equipe italiana, o Los Angeles Galaxy (Estados Unidos) já demonstrou interesse em contar com o atleta brasileiro em seu plantel.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade