Futebol/Bastidores - ( )

Ex-presidente diz que Cristiano Ronaldo foi oferecido ao Barcelona

Barcelona (Espanha)

Destaques entre os membros do Real Madrid nas últimas temporadas, o atacante Cristiano Ronaldo e o treinador José Mourinho poderiam ter parado no Barcelona na última década. Em entrevista ao programa Al Primer Toque, da rádio Onda Cero, o ex-presidente do clube catalão, Joan Laporta, afirmou que o empresário dos portugueses, Jorge Mendes, ofereceu os serviços de seus clientes ao time blaugrana, mas o acerto não aconteceu por questões técnicas e financeiras.

Revelado pelo Sporting, em 2001, Cristiano Ronaldo ganhou notoriedade no futebol europeu e acabou contratado pelo Manchester United, em 2003, por 15 milhões de euros (aproximadamente R$40,7 milhões). Entretanto, antes de concretizar a negociação com a agremiação inglesa, o atacante foi oferecido ao Barcelona, que passava por fase de reformulação em seu elenco.

“Mendes nos ofereceu Cristiano Ronaldo. Seria um negócio ainda mais barato do que foi ao Manchester United, mas não tínhamos disponibilidade econômica na época. Jorge é um homem muito inteligente, tem feito seu trabalho muito bem e merece o sucesso que obteve”, explicou Laporta.

Já José Mourinho, assistente técnico do treinador Bobby Robson no Barcelona durante a década de 90, foi cogitado para retornar ao time catalão em 2008, quando o holandês Frank Rjkaard deixou o comando da equipe. Após vitoriosa passagem por Porto e Chelsea, o português despertava o interesse de Laporta, mas o então mandatário blaugrana optou por dar uma oportunidade ao espanhol Josep Guardiola, que conquistou 14 títulos em um período de quatro anos (2008-2012).

“Mendes me ligou para perguntar se tínhamos interesse em contratar Mourinho, mas disse que havíamos decidido apostar em Guardiola. A pessoa ideal para continuar com a ideia e filosofia de jogo era Pep. Desde o ponto de vida esportivo, confiar nele foi uma das melhores decisões que tomei como presidente. Sempre pensamos que sairia bem, mas a realidade é que superou qualquer expectativa”, encerrou Laporta, que presidiu o Barcelona entre 2003 e 2010.

AFP
Contratado pelo Real Madrid em 2009, Cristiano Ronaldo poderia ter acertado com Barcelona na década passada

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade