Seleção Brasileira/Bastidores - ( - Atualizado )

Gallo fala pouco de “grande desafio” no sub-20 e agradece ao Náutico

Recife (PE)

De saída do Náutico para comandar a Seleção Brasileira sub-20, Alexandre Gallo pouco pode comentar o novo emprego. Apesar de não esconder a felicidade com o convite da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o que o treinador mais fez foi enaltecer o clube pernambucano. Nesta quinta-feira, Gallo participará de evento da CBF, no Rio de Janeiro, e deverá conceder sua primeira entrevista coletiva como técnico da Seleção.

“Fico muito contente. É um grande desafio e um sonho”, limitou-se a dizer o treinador, dono de quatro títulos na carreira. “Estou saindo pela porta da frente do Náutico”.

Há pouco mais de um ano nos Aflitos, Gallo compartilhou a ascensão na carreira com as pessoas do clube e agradeceu ao presidente Paulo Wanderley por não ter colocado empecilhos na saída para a CBF.

“Se isso esta acontecendo é porque cada um no Náutico tem uma parcela de ajuda. Agradeço ao presidente por ter sido solícito”, comentou.

Gallo comandou o Náutico na campanha que manteve o clube na Série A do Campeonato Brasileiro e tinha contrato renovado para 2013. Apesar de se despedir, garante que continuará torcendo para que a equipe se dê bem.

“Existe um legado. Conheço a diretoria e espero que as coisas continuem coerentes”, declarou. “O grupo está pronto e sei que o Náutico fará um grande campeonato”.

A última partida do treinador à frente do Náutico será nesta quarta-feira, nos Aflitos, pelo Campeonato Pernambucano, contra o Pesqueira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade