Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Gilvan confirma clássico com torcida única na reabertura do Mineirão

Belo Horizonte (MG)

O que parecia ser o roteiro perfeito para a reabertura do Mineirão após as reformas para a Copa do Mundo de 2014, não terá um de seus protagonistas. Por questões contratuais e de segurança, o clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro do segundo turno do Campeonato Mineiro terá torcida somente do Galo, fazendo com que a reinauguração da casa do futebol de Belo Horizonte tenha apenas a presença de cruzeirenses nas arquibancadas.

A informação foi confirmada na última quarta-feira pelo presidente da Raposa, Gilvan de Pinho Tavares, em entrevista ao site Superesportes. Desde 2010, quando o Mineirão foi fechado para as reformas, as duas equipes passaram a mandar seus jogos em Uberaba, Sete Lagoas e, a partir de 2012, de volta a BH, mas na Arena Independência.

Sylvio Coutinho / Divulgação
Mineirão foi o segundo estádio da Copa do Mundo de 2014 a ser inagurado, mas ainda não recebeu 1º jogo
“Terá torcida única. O outro clube (Galo) já definiu que vai jogar no Independência. Então, no Independência, a polícia não deixa que sejam duas torcidas. Não é justo que no jogo do adversário seja com torcida única e o nosso seja com torcida dividida. E não acredito que vá mudar. Já autorizei o nosso pessoal a fixar o preço dos ingressos”, afirmou o mandatário celeste, ratificando a decisão por torcida única na 1ª rodada do Mineiro.

Tendo estádios menores como palco, o clássico passou a ter torcida única, sempre do time mandante, por recomendações da polícia militar e acordo entre os clubes. Além disso, o Atlético-MG tem contrato com a empresa que administra o Independência e não pode mandar suas partidas em outra arena enquanto o vínculo durar, somente com pagamento de multa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade