Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Motivado por títulos e marca pessoal, Berna quer ficar no Fluminense

Rio de Janeiro (RJ)

A temporada impecável que fez Diego Cavalieri chegar à Seleção Brasileira não foi motivo de comemorações para todos no Fluminense. Apesar da falta de oportunidades com a ascensão do titular, Ricardo Berna afirma que seguirá nas Larajneiras motivado pelas recentes conquistas do clube e por uma marca perseguida pelo camisa 1 há tempos.

Goleiro titular na campanha do título do Campeonato Brasileiro de 2010, Berna pouco foi pouco utilizado nas últimas temporadas e, mesmo sondado por outras equipes do País, garante que suas atenções estarão todas voltadas ao Tricolor Carioca em 2013, e coloca uma meta ousada para sua passagem na equipe.

"Pelo tempo que estou aqui, ainda não completei 100 jogos e tenho essa meta. Sempre fui muito feliz e nunca tive vontade de sair. Tive propostas, pensei em um futuro mais promissor, e até em sair, não vou negar, mas sempre fui feliz aqui dentro", garantiu o arqueiro, em entrevista à Rádio Brasil.

Iniciando seu nono ano com a camisa do Flu, Berna reconhece a forte concorrência de Cavalieri, mas promete entrar duro na briga pela preferência do técnico Abel Braga. "Sei do meu potencial, não estou há tanto tempo aqui por acaso. Sei que o Diego respeita meu trabalho. Se ele está tão bem hoje, é porque sabe que se eu der espaço vou entrar e dar meu melhor pra me manter", sentenciou o camisa 1, que recentemente se destacou ao parar Zico em jogo beneficente realizado no Morumbi.

Além dos títulos, Ricardo Berna também destacou a evolução da estrutura do time de infância desde que chegou às Laranjeiras em meados de 2005, vindo do América-MG. "Quando cheguei me deparei com a realidade do clube, vi muitas mudanças para melhor e fico muito feliz de ter participado deste processo de evolução que vem sendo coroado com títulos", finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade