Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Pesquisa aponta campeonatos estaduais e times mais valiosos do país

São Paulo (SP)

Segundo a Pluri Consultoria, empresa que avalia marcas e mercados, o Campeonato Paulista é a competição estadual mais valiosa do Brasil. Além de grandes jogadores na região, a participação de 20 equipes faz com que o torneio tenha uma vantagem sobre os demais estados. Mesmo assim, o valor de mercado é bem superior ao Rio de Janeiro que é o segundo colocado. São 470,9 bilhões de euros (R$ 1,1 bi) dos paulistas contra 289,1 milhões (R$ 664 mi) dos cariocas.

O Campeonato Mineiro, o Gaúcho e o Paranaense vêm em seguida, em terceiro, quarto e quinto, respectivamente. Mesmo com as recentes contratações de Pato, Renato Augusto e Gil, o Corinthians não tem o elenco mais valioso. A equipe do Parque São Jorge perde para o Santos de Neymar, que continua como o jogador mais valorizado, valendo R$ 144 milhões.

Com o fortalecimento de Atlético-MG e Cruzeiro, que mantêm jogadores caros em seu elenco, o Campeonato Mineiro também ganhou destaque e é o que mais se valorizou em relação a 2012, com um aumento 18,7% nos valores dos clubes. O Campeonato Gaúcho, em compensação, teve uma queda de 7,9% em relação ao ano passado, só sendo superado pelo Catarinense, que caiu 8.9%.

Outros clubes que também cresceram foram os do Nordeste. Com a volta da realização da Copa do Nordeste, depois de dois anos, os campeonatos estaduais da região ganharam mais valor. Os três mais valorizados são o Baiano, o Pernambucano e o Cearense, respectivamente.

Confira os clubes mais valiosos de cada estado:

1. São Paulo – Santos (R$ 125,2 milhões)
2. Rio de Janeiro – Fluminense (R$ 80,2 milhões)
3. Rio Grande do Sul – Grêmio (R$ 70,4 milhões)
4. Minas Gerais – Atlético-MG (R$ 69,1 milhões)
5. Paraná - Coritiba (R$ 29,1 milhões)
6. Bahia – Bahia (R$ 22,9 milhões)
7. Pernambuco – Náutico (R$ 16,2 milhões)
8. Goiás – Goiás (R$ 16,4 milhões)
9. Santa Catarina – Figueirense (R$ 13,2 milhões)
10. Ceará – Ceará (R$ 11,6 milhões)

Clique aqui e confira a pesquisa na íntegra

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade