Futebol/Bastidores - ( )

Presença na final da Copinha anima Laor a manter Neymar após 2014

Gabriel Carneiro, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Na visão do presidente santista Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, a presença de Neymar no estádio do Pacaembu para assistir a decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, na sexta-feira, é só uma das provas de amor do jogador ao Santos. Com contrato válido até junho de 2014, o camisa 11 já levantou a possibilidade de estender o vínculo após o final da Copa do Mundo do Brasil – eufórico, o mandatário licenciado não pensa em outra coisa.

Satisfeito pelos 3 a 1 aplicados pelo time de Jubal, Léo Cittadini e Neílton, Luis Álvaro ainda não retomou suas atividades no Santos, mas já conversa informalmente para que Neymar renove. Sem data para definir a situação, o presidente santista conversou com o jogador nos vestiários da Vila Belmiro, antes de o Santos derrotar o Botafogo de Ribeirão Preto pela segunda rodada do Campeonato Paulista. De agora em diante, as tratativas tendem a se intensificar.

“Eu disse a ele na quarta-feira: nós temos um contrato até 2014, você é um cara sério, seu pai também, vamos cumprir. Mas eu tenho esperança, que não é expressa em data, que ele pode ficar. Enquanto estiver feliz fica aqui, para que sair? Ele está feliz. Ele podia estar voltando da balada, mas decidiu assistir os meninos da Copa São Paulo porque tem paixão pelo Santos. Isso me anima a imaginar que depois de 2014 ele possa continuar com a gente”, idealiza Luis Álvaro, sonhando com a permanência da maior revelação do futebol brasileiro nos últimos anos.

Ricardo Saibun/Santos FC
Luis Álvaro está firme na ideia de convencer Neymar, seus empresários e familiares, a permanecer no Santos
Os representantes e familiares do jogador veem a possibilidade como remota, já que imaginam o crescimento de Neymar atuando fora do Brasil. Ainda longe de resolver o imbróglio sobre o camisa 11, o presidente do Santos está de licença médica, mas não deixou de dar seus pitacos no time de Muricy Ramalho. Para o mandatário, todos os jogadores campeões da Copa São Paulo deveriam subir para o profissional na temporada 2013.

“De um jeito ou de outro vão subindo. O Muricy acompanha diretamente e o Santos está bem preparado para enfrentar a maratona deste ano com novas contratações e os meninos que vamos promover. Quando você valoriza os jovens, mantem um jogador símbolo como Neymar, incendeia o coração da torcida. Me senti como na final da Libertadores de 2011, quando o estádio, de forma unânime, emitiu uma vibração que deve ter atrapalhado a navegação dos foguetes lá em cima. É paixão, confiança e amor, tudo que eu queria na vida”, encerrou Luis Álvaro, sempre a seu estilo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade