Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Reforço do Vitória, primo de Messi já foi “anão desrespeitoso”

Salvador (BA)

Na última terça-feira, o Vitória anunciou mais quatro reforços para a temporada. Entre eles, estava Maxi Biancucchi, conhecido do torcedor brasileiro por seu parentesco com Messi (são primos) e por ter atuado no Flamengo entre 2007 e 2009. O atacante, que veio do Olímpia (PAR), foi chamado de “anão desrespeitoso" em seu último clube.

O fato ocorreu no final de 2012, quando o jogador surpreendeu (e irritou) o presidente do Olímpia, Marcelo Recanate, ao negociar sua saída para um time do Catar sem o consentimento do mandatário, que disparou contra o atleta.

“Maxi ganha 25 mil dólares por mês e precisa ter algum respeito com seu empregador. Argentino anão e desrespeitoso!”, declarou ao jornal Ultima Hora.

Com o fim de seu contrato com o clube paraguaio, Maxi recusou uma proposta do Cerro Porteño, maior rival de seu ex-clube, para fechar com o Vitória e voltar ao futebol brasileiro depois de três anos.

AFP
O argentino Maxi Biancucchi deixou o presidente de seu último clube bastante irritado

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade