Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Sem reforços de peso, Vasco aposta na base para 2013 incerto

Rio de Janeiro (RJ)

De campeão da Copa do Brasil, vice do Campeonato Brasileiro e de inúmeras rodadas presente na zona de classificação à Libertadores, o Vasco da Gama terminou a temporada sem títulos e com problemas financeiros. Resultado: os principais jogadores do elenco resolveram deixar o clube em meio às trocas de técnico e salários atrasados.

Fernando Prass, Nilton, Felipe, Alecsandro e Juninho Pernambucano sacramentaram suas saídas de São Januário, todos ícones das boas atuações que eram constantes até o meio de 2012. Assim que o Cruz-maltino caiu nas quartas de final da Libertadores para o Corinthians, outros nomes importantes como Diego Souza, Fágner, Allan e Rômulo também já haviam saído.

Cristóvão Borges e Marcelo Oliveira caíram, e Roberto Dinamite recorreu ao afastado Ricardo Gomes, já recuperado de problemas de saúde, para supervisionar Gaúcho no comando do time. René Simões também chegou e irá auxiliar Ricardo na administração do futebol.

Apesar de fortalecido nos bastidores, o Vasco não consegue se mexer em contratações. Chegaram apenas o goleiro Michel Alves, de boa campanha na Série B do Campeonato Brasileiro, e o desconhecido atacante Thiaguinho, que reencontrará o meia Bernardo, que retorna de empréstimo, depois serem criados na base do Cruzeiro.

Marcelo Sadio/vasco.com.br
René Simões tem a dura tarefa de encontrar reforços para o endividado Vasco da Gama para 2013
Da Raposa ainda podem chegar Sandro Silva e Pedro Ken, jogadores irregulares que seriam envolvidos na ida de Nilton a Belo Horizonte. Também em negócio com mineiros, mandou Alecsandro para trazer o jovem volante Fillipe Soutto e o centroavante Leonardo. Além deles, o ex-santista Zé Love pode ser anunciado nos próximos dias.

Ainda preocupado com os riscos de perder Dedé, o último ídolo da torcida no elenco, a diretoria busca um reforço de peso, que possa amenizar o clima pesado no ambiente. Enquanto não encontra o nome ideal, a aposta será a mesma da reta final do Campeonato Brasileiro.

Com os veteranos liberados para férias antecipadas após o time não ter mais chances de ir à Libertadores, a comissão técnica lançou jovens talentos no time profissional e viu os garotos darem conta do recado em jogo fora de casa contra o Coritiba. Entre eles, John Cley, Marlone e Romário, todos do meio para frente, expondo as dificuldades defensivas da equipe desfalcada de volantes e com Dedé como único pilar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade