Futebol/Campeonato Goiano - ( )

“Mais organizado”, Goiano começa com incertezas e surpresas

Tarcísio De Lucca, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

A 70ª edição do Campeonato Goiano tem início neste sábado, às 17 horas (de Brasília), quando Rio Verde e Vila Nova jogam no estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde (GO). Em entrevista exclusiva com a reportagem da Gazeta Esportiva.Net., em contato telefônico, o presidente da Federação Goiana de Futebol (FGF), André Luiz Pitta Pires, fala sobre a competição.

“Eu acho que o Campeonato Goiano ficou mais organizado nos últimos anos. Os três clubes da capital (Goiás, Vila Nova e Atlético Goianiense) mantiveram os seus altos níveis e os clubes do interior investiram e montaram times melhores e mais competitivos”, explica o mandatário da FGF, que também comemora o aumento da média de público nos estádios.

“Com isso, a média de público nos estádios durante os jogos do Campeonato Goiano aumentou, assim como a importância na mídia e na televisão”, afirma. No ano de 2012, houve um crescimento de 81% na média de público nos estádios, comparando com o de 2011. No entanto, a promoção feita pelo Itumbiara deve ser levada em conta.

O clube, em parceria com a prefeitura da cidade de Itumbiara, faz uma promoção para os seus torcedores: quem paga as contas do IPTU em dia ganha ingressos para os jogos do time. A média de pessoas no Estádio JK, por exemplo, chega a ser de 23 mil, contrastando com a média de 8 mil do Goiás e elevando a porcentagem da última edição.

Divulgação
Comandado por Ederson Moreira, Goiás está em entre os favoritos ao título.
Já sobre os favoritos para esta edição, Pires se esquivou: “Eu não tenho nenhum palpite. É claro que os três times da capital sempre são os favoritos, até pela camisa que vestem, mas nós não podemos desprezar o interior. O Rio Verde, por exemplo, montou um time muito forte e competitivo”, analisa o presidente da FGF.

Informações: o Campeonato Goiano tem como maiores vencedores o Goiás (23 títulos), campeão da Série B de 2012, o Vila Nova (15), que aposta na tradição para voltar a conquistar o estado, o Goiânia (14), que venceu a competição pela última vez em 1974 e atualmente está na Segunda Divisão, e o Atlético-GO (12), que ressurgiu como potência na última década. Já o jogador que marcou mais gols em uma mesma edição foi o ex-atacante Baltazar, do Atlético-GO, com 31 tentos em 1978.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade