Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Casillas e Sergio Ramos pedem saída de Mourinho: "Ele ou nós"

Madri (Espanha)

Apesar de ter contrato com o Real Madrid até 2016, o treinador José Mourinho segue com sua continuidade ameaçada na equipe da capital espanhola. Conforme publicou o jornal Marca na edição desta quinta-feira, o goleiro Iker Casillas e o zagueiro Sergio Ramos se reuniram com o presidente do clube da capital, Florentino Pérez, e pediram para que o técnico português deixe o comando da equipe ao término desta temporada.

Segundo os dois atletas, apontados como líderes no vestiário do Real Madrid, diversos jogadores estão insatisfeitos com as atitudes de Mourinho e deixarão o clube caso o treinador não seja destituído de seu cargo. Apesar de afirmar que o português é o “melhor técnico com quem já trabalhou”, Casillas destacou que o comandante “voltou louco” para esta temporada e pediu uma decisão à Florentino Pérez: “ele ou nós”.

Criado nas categorias de base do Real Madrid, Casillas chegou ao time profissional em 1999 e rapidamente conquistou a titularidade, perdendo-a temporariamente para César Sanchez em 2001/2002. Ídolo da torcida do clube espanhol, o camisa um voltou ao banco de reservas em duas partidas consecutivas nesta temporada, sendo substituído por Adán por causa de critérios técnicos, segundo Mourinho. Desde então, uma possível saída do atleta foi cogitada e nomes como De Gea (Manchester United)  e Stegen (Borussia Monchegladbach) foram apontados como alvo de interesse do treinador português.

Além de Casillas, o próprio Mourinho foi cogitado para deixar o Real Madrid ao término desta temporada, tendo Manchester United, Chelsea e Paris Saint-Germain como principais interessados. O jornal britânico Daily Star divulgou, nesta semana, que o português tem trocado mensagens secretas com o presidente do clube londrino, Roman Abramovich, para acertar retorno ao time que comandou entre 2004 e 2007.

Classificado para as oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, onde enfrenta o Manchester United, o Real Madrid vive situação complicada na tabela de classificação do Campeonato Espanhol e é o terceiro colocado, com 15 pontos de desvantagem (55 a 40) em relação ao líder, Barcelona. Além disso, a equipe comandada por José Mourinho está garantida na semifinal da Copa do Rei.

AFP
Devido ao mau relacionamento com atletas do Real Madrid, Mourinho pode deixar o comando do time espanhol

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade