Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Apesar de aceitar redução salarial, Lampard deve deixar Chelsea

Londres (Inglaterra)

Atuando pelo Chelsea desde 2001, o meio-campista Frank Lampard tem futuro incerto no clube inglês. Vinculado ao clube presidido por Roman Abramovich até o final desta temporada, o camisa oito tem interesse em obter extensão contratual e está disposto a aceitar redução salarial. Apesar disso, os atuais campeões europeus mostram pouco interesse em renovar com o atleta.

Conforme afirma o jornal britânico Daily Star na edição desta sexta-feira, Lampard aceita diminuir seu salário semanal de 180 mil euros (cerca de R$479,3 mil) para 60 mil euros (aproximadamente R$159,7 mil). A redução poderia ser compensada com um bônus oferecido pelo desempenho do jogador, levando em consideração o número de partidas disputas e a quantidade de gols marcados.

Entretanto, a disposição do meio-campista não tem comovido os dirigentes do Chelsea. Mesmo com o camisa oito sendo titular da equipe comandada por Rafa Benítez, inclusive na derrota por 1 a 0 diante do Corinthians, no Mundial de Clubes, Abramovich acredita que o ciclo de Lampard no clube está encerrado e que o time precisa de renovação no setor.

Caso deixe a equipe inglesa de Londres, Lampard pode atuar pelo Manchester United na próxima temporada. Segundo o jornal inglês, o treinador Alex Ferguson tem observado o meio-campista e o lateral-esquerdo Ashley Cole, também em fim de contrato com Chelsea, como possíveis reforços para 2013/2014. Los Angeles Galaxy (Estados Unidos), Queens Park Rangers e times chineses seriam outros interessados na negociação.

AFP
Ídolo dos torcedores do Chelsea, Frank Lampard está próximo de deixar o clube inglês após 12 anos

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade