Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Van Persie decide e Manchester United vence Liverpool

Manchester (Inglaterra)

Em um dos maiores clássicos do futebol mundial, o Manchester United fez prevalecer seu melhor momento na atualidade e triunfou por 2 a 1 diante do Liverpool, neste domingo, no estádio Old Trafford, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Inglês. O centroavante Robin Van Persie e o zagueiro Vidic marcaram os gols da equipe da casa, enquanto Sturridge diminuiu para o time derrotado.

Com este resultado, o Manchester United chega aos 55 pontos na tabela de classificação do Campeonato Inglês e aumenta ainda mais sua distância em relação ao vice-líder, Manchester City, que soma 45 pontos e ainda enfrenta o Arsenal neste domingo. Já o Liverpool se mantém na oitava colocação, com 31 pontos.

O próximo compromisso do time comandado por Ferguson no torneio nacional será realizado em 19 de janeiro, às 11 horas (de Brasília), quando mede forças com o Tottenham no estádio White Hart Lane. No mesmo dia e horário, o Liverpool duela com o Norwich City no Anfield.

AFP
Com um gol e uma assistência, o atacante Van Pesie foi peça fundamental no triunfo do Manchester United

O jogo: Atuando diante de sua torcida, o Manchester United sufocou o time adversário desde os primeiros minutos. A marcação exercida pelos comandados de Alex Ferguson no setor ofensivo era intensa e dificultava a saída de bola do Liverpool, que tinha os volantes Lucas e Gerrard como  principais válvulas de escape. O atacante Luis Suárez, isolado no campo de ataque, brigava com Ferdinand e Vidic, mas oferecia pouco perigo aos zagueiros rivais.

A forte pressão no clube visitante deu certo e o Manchester abriu o placar aos 19 minutos. Após boa troca de passes, o lateral Evra desceu pelo lado esquerdo e encontrou Van Persie dentro da área. O holandês se antecipou aos defensores e desviou de perna esquerda para as redes do gol defendido por Reina, anotando seu 17º gol na competição.

Mesmo após o gol, o United não recuou e continuou exercendo marcação acirrada nos jogadores adversários. Com Suárez cada vez mais isolado, o Liverpool não conseguiu chegar ao gol de De Gea e foi para os vestiários em desvantagem no marcador.

A etapa complementar começou da mesma maneira que o primeiro tempo terminou. O time comandado por Alex Ferguson manteve postura ofensiva com a bola no pé, forte aplicação tática na marcação e criava boas oportunidades de aumentar o placar. Aos nove minutos, Van Persie cobrou falta na segunda trave, Evra desviou e Vidic completou para aumentar a vantagem no marcador.

O segundo gol pareceu ter causado reação nos atletas da equipe visitante. O treinador Brendan Rodgers adotou postura ofensiva e tirou volante Lucas para colocar o atacante Sturridge. A recompensa aconteceu aos 12 minutos, quando Gerrard chutou bola rasteira da entrada da área e De Gea defendeu parcialmente. No rebote, o atacante apareceu sozinho para empurrar para o fundo das redes.

Com Sturridge em campo, Suárez começou a aparecer mais na partida e deu novas opções ao meio-campo do Liverpool. A melhora na criação de jogadas era nítida e a equipe visitante buscava reverter a desvantagem no marcador. Contudo, mesmo com o esforço, os comandados de Rodgers não tiveram êxito na tentativa e saíram do Old Trafford sem somar nenhum ponto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade