Futebol/Campeonato Italiano - ( - Atualizado )

Cavani faz três, assume artilharia e leva Napoli à terceira posição

Nápoles (Itália)

O uruguaio Edinson Cavani mostrou mais uma vez por que é um dos atacantes mais cobiçados no mercado europeu. Neste domingo, foi ele o autor de três dos quatro gols do Napoli durante a vitória por 4 a 1 sobre a Roma, em jogo válido pela 19ª rodada do Campeonato Italiano. Com o hat-trick, ele assumiu a artilharia do torneio, com 16 gols. Ao longo da temporada, os números do uruguaio são ainda mais impressionantes: são 24 gols marcados em 23 jogos.

Como se não bastasse a excelente performance individual, Cavani ainda levou o Napoli à terceira posição do Italiano, com 37 pontos, dentro da zona de classificação para a Liga dos Campeões. Já a equipe da capital se manteve em sexto, com 32 pontos.

Esteve no banco de reservas da equipe napolitana o atacante chileno Eduardo Vargas, especulado no São Paulo. Pelo lado da Roma, o zagueiro Leandro Castán, ex-Corinthians, começou como titular, enquanto o meia Marquinho, ex-Flu e Palmeiras, e o lateral esquerdo Dodô, ex-Corinthians, estiveram entre os reservas.

AFP
Cavani comemora um dos gols deste domingo; atacante marcou na atual temporada 24 gols em 23 jogos
Na próxima rodada, o Napoli recebe o Palermo, no San Paolo. Já a Roma visita o Catania. Ambas as partidas estão marcadas para o próximo domingo.

O jogo - Cavani mostrou que estava em uma noite inspirada logo com quatro minutos de jogo, quando recebeu passe de Pandev e mandou por cima do goleiro, abrindo o placar. Com a vantagem conquistada no início da partida, a impressão era a de que o Napoli iria diminuir um pouco o ritmo de jogo. E foi o que aconteceu, pelo menos até o começo da segunda etapa.

Com dois minutos, Campagnaro cruzou e a bola sobrou para Cavani. O atacante girou em cima da marcação e bateu de esquerda, fazendo um belo gol. Mas o uruguaio não se deu por satisfeito. Aos 24 minutos, mais um: Pandev cobrou escanteio e o atacante desviou na primeira trave, balançando as redes pela terceira vez e garantindo a vitória do Napoli.

Ainda deu tempo de a Roma descontar e tentar se recuperar, logo depois. Aos 26, após lançamento de Pjanic, Osvaldo tirou de Sanctis e diminuiu a diferença no placar. Mesmo assim, a noite era de festa no San Paolo. Já nos acréscimos, Maggio recebeu passe em velocidade, com a zaga romana desarrumada, e fechou a goleada: 4 a 1.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade