Futebol/Campeonato Mineiro Módulo II - ( - Atualizado )

Amaral chega ao Poços de Caldas chamando técnico de “senhor Clebão”

Poços de Caldas (MG)

Disposto a retornar ao Módulo I do Campeonato Mineiro em 2013, o Poços de Caldas apostou alto neste início de temporada. O treinador da equipe que estreia no dia 18 de fevereiro contra o Social de Coronel Fabriciano é um velho conhecido das torcidas de Atlético-MG, Santos, Figueirense e principalmente Palmeiras: o ex-zagueiro Cléber Américo da Conceição, de 43 anos. Conhecido pelos companheiros como “Clebão”, o jogador virou “senhor” no Vulcão de Minas Gerais.

O responsável por mudar a forma de chamar o ex-zagueiro do Palmeiras é o experiente volante Amaral, que retornou do futebol indonésio após duas temporadas e, aos 39 anos, é reforço do Poços de Caldas para dentro de campo. “Trabalhar com ele novamente será muito bom, porque a gente se respeita muito. Só que agora não vou poder mais chamá-lo de Clebão, e sim de senhor”, brincou o ex-coveiro.

Divulgação/Site Oficial
Na segunda divisão do Campeonato Mineiro, o volante Amaral será comandado pelo "senhor Clebão"
Revelado na base do Palmeiras, onde foi bicampeão brasileiro e paulista, Amaral deixou o Verdão para se aventurar em clubes como Parma e Benfica antes de voltar ao Corinthians, onde novamente foi campeão nacional. O volante ainda defendeu Grêmio, Vasco e Atlético-MG no Brasil, mas se notabilizou por ser andarilho: Al Ittihad-CAT, Pogón-POL, Perth Glory-AUS, além de dois clubes da Indonésia. Em 2010, o marcador chegou a defender o Grêmio Catanduvense no Campeonato Paulista.

“Não imaginava essa festa na minha apresentação, são dezenas de torcedores do Poços de Caldas, imprensa, e muita gente que incentiva nosso trabalho. Fico muito contente. Mas agora é preciso trabalho para chegar ao objetivo, que é a primeira divisão”, resume o camisa 10 Amaral, indicado ao Poços de Caldas justamente pelo ex-companheiro de Palmeiras.

Aos 43 anos, Cléber não joga desde 2006, quando se aposentou com a camisa do São Caetano. Treinador com passagens pelo Mogi Mirim e pelo Araxá, está disposto a buscar o sucesso na nova empreitada: “Vamos trabalhar com muito empenho e dedicação para que possamos dar muitas alegrias a esta torcida maravilhosa que o Vulcão tem. Vou intensamente viver dia a dia o Vulcão. Prometo empenho, trabalho e dedicação”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade