Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Santos pode ser o primeiro tetra paulista da era profissional

Luiz Ricardo Fini* São Paulo (SP)

O Campeonato Paulista de 2013 pode ter um desfecho histórico. Desde que foi profissionalizado em 1933, o Estadual nunca foi vencido pela mesma equipe por quatro anos seguidos. A partir deste sábado, o Santos inicia a busca pelo feito inédito, depois de ter sido liderado pelo atacante Neymar nas conquistas das três edições passadas da competição.

Ao mesmo tempo em que sonha com os campeonatos nacionais e também com a temporada da Seleção Brasileira, o craque do Peixe sabe o que pode significar conseguir o êxito mais uma vez no Paulistão, depois de ter derrubado Santo André, Corinthians e Guarani nas finais de 2010, 2011 e 2012.

“Todos são importantes, a começar pelo Paulista. É o primeiro que temos neste ano e sou ‘fominha’, quero ganhar de novo. Se formos campeões, será o quarto título consecutivo, um feito inédito. É uma conquista que tem uma grande importância e pode nos dar a confiança necessária para encarar a Copa do Brasil e, depois, o Brasileirão”, avaliou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Neymar pode ajudar o Santos a ganhar seu quarto título consecutivo no Campeonato Paulista
O único clube a vencer o Estadual quatro vezes seguidas foi o Paulistano, entre 1916 e 1919, em edições organizadas pela extinta Associação Paulista de Esportes Atléticos. Na época, o futebol ainda era amador e chegava a ter duas edições no mesmo ano. Desta forma, o Corinthians também foi campeão paulista de 1916, mas em uma disputa organizada por outra entidade, a antiga Liga Paulista de Foot-Ball.

Federação Paulista repete fórmula e ainda gera discórdia entre times

Em desigualdade, times do interior comemoram reforços dos grandes

Paulistão reúne campeões de 2012 e confrontos de reforços badalados

A atual Federação Paulista de Futebol só passou a organizar a competição em 1941, já com o esporte profissionalizado. Na era moderna, o equilíbrio derrubou as pretensões de tetracampeonatos. Para atingir sua meta neste ano, o Santos terá de superar um ex-aliado, Paulo Henrique Ganso, presente no tri e agora astro do rival São Paulo.

“Este ano vai ser mais difícil ainda, porque todos se reforçaram muito bem. Vai ser um campeonato de muita qualidade e eu procuro passar um pouquinho mais dessa minha experiência dentro de campo, mesmo sendo novo”, afirmou o atual camisa 8 são-paulino.

Se não conseguir atingir o sonho do tetra, o Santos pelo menos deixará guardado em seu hall de conquistas seu terceiro tricampeonato, pois obteve a série duas vezes na era Pelé (1960/61/62 e 1967/68/69).

Ao lado do Peixe, o Corinthians é o outro time que foi tricampeão por três vezes (1922/23/24, 1928/29/30 e 1937/38/39). Já o Palmeiras conseguiu uma vez quando ainda era Palestra Itália (1932/33/34).

(*) Colaboraram Rodrigo Martins e Edoardo Ghirotto

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade