Futebol/Sul-americano Sub-20 - ( )

Em ritmo lento, garotos do Brasil não saem do empate contra Equador

San Juan (Porto Rico)

Atual tricampeão, a Seleção Brasileira sub-20 não estreou como o esperado no Sul-americano da categoria. Contando com garotos que já são aproveitados no profissional, o Brasil não conseguiu se impor diante do Equador e terminou o duelo com um empate por 1 a 1 no estádio Bicentenário, em San Juan, na Argetina.

Os comandados do Émerson Ávila não entraram ligados na partida e viram os equatorianos se lançarem ao ataque, pressionando a saída de bola. Os brasileiros ainda levaram cartões amarelos em lances pesados no início da partida e, logo após o são-paulino Ademílson acertar a trave, viram o rival sair na frente em falha da defesa aos 29 minutos.

Em cruzamento alto pela direita, o botafoguense Dória não alcançou a bola e o vascaíno Luan não conseguiu acompanhar Miguel Parrales. O atacante se jogou em direção à bola e, de peixinho, estufou as redes do goleiro Luiz Gustavo, campeão da Copa do Brasil sub-20 com o Vitória.

Sob os gritos de olé da torcida argentina, a Seleção tomou novo susto quando José Cevallos arriscou de muito longe e acertou a trave brasileira. Minutos depois, porém, os canarinhos finalmente se encontraram na partida e, em lance de sorte, empataram a partida.

O fluminense Marcos Júnior fez boa jogada pela direita, contou com vacilo da defesa e a bola espirrou para trás. Ademílson não alcançou, mas ela ficou limpa para o flamenguista Mattheus, filho do tetracampeão Bebeto bater firme para o goleiro Darwin Cuero espalmar. No rebote, a bola tocou nas pernas de Fernando León e morreu no fundo do gol.

Para o segundo tempo, o santista Felipe Anderson deu lugar ao colorado Fred, enquanto Marcos Júnior saiu para a entrada do gremista Leandro. E foi com Fred que o Brasil quase virou. O meia aplicou um lindo chapéu no marcador, limpou outro e cruzou na medida para Adryan cabecear por cima. Mais tarde, Dória encheu o pé em jogada ensaiada e Cuero segurou com dificuldades.

O ritmo da equipe, no entanto, voltou a cair e o jogo se arrastou até os minutos finais. Mais tarde, Peru e Uruguai se enfrentam no mesmo local e quem vencer pode alcançar a liderança do grupo B da competição, enquanto a Venezuela folga na rodada. No grupo A, Chile e Colômbia dividem a ponta após derrotarem Argentina e Paraguai, respectivamente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade