Futebol/Mundial de Clubes - ( )

"Feliz igual", Edenílson lamenta mudança de ideia de Tite no Mundial

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Demorou, mas Tite chamou. Aquecido, Edenílson ouviu as orientações, correu para segurar o Chelsea no minuto derradeiro do Mundial e registrou a sua entrada no lugar de Jorge Henrique com o quarto árbitro, mas acabou não entrando.

“Ficar chateado não dava, né? Ficou aquela vontade de entrar, mas era só alegria”, recordou o volante, que também não participou da vitória por 1 a 0 sobre o egípcio Al Ahly, na semifinal.

Segundo Edenílson, Tite mudou de ideia na última hora. O auxiliar do comandante, Cléber Xavier, chegou a dar ao camisa 21 a ordem para pisar no campo do Estádio Internacional de Yokohama antes da alteração nos planos.

“O Cléber falou: ‘Vai’. Aí o Tite olhou o relógio e falou: ‘Se ele vai, o juiz vai dar mais acréscimos’. Eu ainda respondi: ‘Não vai, não’. Mas tudo bem, fiquei feliz igual”, sorriu o meio-campista.

Fernando Dantas/Gazeta Press
A festa do título mundial do Corinthians teve "Parabéns a Você" para o "pretinho"
O cronômetro já apontava mais de 48 minutos no segundo tempo, com a promessa de quatro de acréscimo. Mas o árbitro turco Cüneyt Çakir deixou a bola rolar – e bater no poste esquerdo de Cássio – até os 49 e meio.

Dois dias depois, Edenílson fazia a sua festa no trio elétrico alugado por um patrocinador do Timão, com direito a “Parabéns a Você”. “Gente, hoje é aniversário do pretinho”, avisou Emerson.

Mais velho e mais feliz, o atleta de 23 anos espera mais oportunidades em 2013, mas não tem do que reclamar desde que trocou o Caxias pelo Corinthians. “Tenho que agradecer a Deus pelo que tem acontecido e continuar trabalhando.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade