Futebol - ( )

Esquecido em 2012, Guerrero terá imagem usada pelo marketing em 2013

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O departamento de marketing do Corinthians passou boa parte do segundo semestre obcecado por Zizao e deu pouca bola para Guerrero. Nem o fato de o site do clube ter um número de acessos impressionante do Peru, com vários produtos comprados no país, mudou o foco.

Agora, Luis Paulo Rosenberg, o maior defensor do chinês, está afastado da diretoria. E a “Guerreromania” que se seguiu ao Mundial, conquistado com dois gols do centroavante, vai fazer o clube usar de maneira mais inteligente a imagem do camisa 9.

“Ele fez gols importantes e tem a cara do nosso time, a cara da nossa torcida. É realmente um guerreiro. O departamento de marketing está trabalhando para explorar mais isso”, comentou o diretor adjunto de futebol do Timão, Duílio Monteiro Alves.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
O bom centroavante Paolo Guerrero deu um baile no fraco zagueiro Gary Cahill na final do Mundial de Clubes, contra o Chelsea, e ganhou imitações de seu peculiar corte de cabelo em Lima e em São Paulo
Mesmo sem participar da festa em São Paulo pelo triunfo no Japão, o peruano teve seu nome bastante gritado. Em Lima, onde passa as férias, ele encontrou uma multidão à sua espera, recheada de camisas alvinegras, e foi assunto de misses a intelectuais.

O que o Corinthians espera agora é que o artilheiro apareça mais também no Brasil. É possível que ele faça campanhas ao lado do atacante Alexandre Pato, o jogador em quem o clube joga as maiores fichas e vê um “potencial de mídia monstruoso”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade