Futebol/Bastidores - ( )

Médico aponta consequências de treino, mas Pato não critica Milan

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O atacante Alexandre Pato repetiu durante sua apresentação no Corinthians que não tem mais qualquer problema clínico. O médico Beny Schmidt foi quem submeteu o atleta a uma biópsia muscular e reconheceu que o reforço corintiano está totalmente liberado para os jogos, apesar de ter apresentado nas análises resquícios da carga de treinos imposta no Milan.

“Nós vimos alterações mínimas na biópsia muscular, atribuídas ao tipo de treinamento que teve no Milan, mas isso não interfere em nada na vida do menino. Em comum acordo com o Joaquim Grava, resolvemos liberá-lo e a torcida do Corinthians pode comemorar”, afirmou o médico, chefe do laboratório de patologia muscular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Alexandre Pato passou por uma biópsia muscular na quinta-feira e foi liberado para jogar
A biópsia conduzida por Schmidt foi feita a pedido de Grava, consultor clínico do Timão, e consiste na retirada de um pequeno pedaço do músculo do braço, que é submetido a uma análise. O meia palmeirense Valdivia passou pelo mesmo procedimento no ano passado.

“Não temos acesso ao tipo de suplementos que os jogadores tomam fora do País, porque variam de time para time, mas existe uma forte tendência a treinamentos de potência muscular e isso pode ter ocasionado essas alterações pequenas (no Pato). Porém, o atleta está liberado. Os outros times vão ter que aguentar”, reiterou o médico.

Depois de ter atuado pela equipe italiana por cinco temporadas, o atacante assinou contrato de quatro anos com o Corinthians e preferiu não criticar a carga de trabalhos de seu antigo clube.

“O Milan sempre se comportou muito bem comigo. Há pessoas de alto nível trabalhando lá e não tenho nenhuma coisa de mal a falar, todos me ajudaram muito”, ponderou o atleta, que é namorado de Barbara Berlusconi, filha do dono do time de Milão, Silvio Berlusconi.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade