Futebol - ( - Atualizado )

Plano alvinegro é “maturar” Pato antes da estreia

Marcos Guedes São Paulo (SP)

A maturação é um processo que pode levar até 22 dias. A pressa não é indicada para que se obtenha uma carne macia, com o melhor padrão de qualidade, e não será adotada pelo Corinthians na preparação de Pato.

Os médicos, fisioterapeutas e preparadores físicos do Timão, antes de qualquer outra coisa, vão fazer testes. Serão vários exames para identificar o que causa as recorrentes lesões do jogador, seguidos de um trabalho muscular específico para ele.

“A ideia é avaliar de todas as maneiras possíveis e determinar a melhor maneira de trabalhar. Vamos avaliar, começar a trabalhar, provavelmente fazer um reequilíbrio muscular, avaliar de novo, trabalhar mais um pouco e maturar o Pato para, aí, deixá-lo pronto para a estreia”, disse o fisioterapeuta Bruno Mazziotti.

Apertar o passo na volta do atacante – cujo último problema foi uma lesão muscular na coxa direita, em novembro – não está nos planos. A ideia é “se debruçar” em dados e dirigir os trabalhos com agilidade, mas sem uma data específica como meta.

É fácil prever que Alexandre Pato não participará das primeiras rodadas do Campeonato Paulista. Até mesmo a estreia do Corinthians na Copa Libertadores, marcada para 20 de fevereiro, será sem o camisa 7 se isso for preciso para uma recuperação plena.

“Todo jogador que vem de outro centro requer um tempo de adaptação, o trabalho aqui é diferente. Se o processo for rápido, melhor. Se for necessário um tempo maior, vamos trabalhar dessa forma”, explicou Mazziotti.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade