Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Renato Augusto quer sair na frente ganhando ritmo no Paulista

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Renato Augusto teve problemas com lesões nos dois últimos anos. Seu primeiro objetivo no Corinthians é uma sequência de jogos, motivo pelo qual não faz a menor questão de esperar grandes partidas para começar a vestir preto e branco dentro de campo.

“Não sei como o Tite espera montar a equipe, mas preciso de ritmo, já que vim com alguns problemas. Seria bom ter isso agora para estar pronto para a Libertadores”, comentou o meio-campista, apresentado ao fim de seu primeiro dia de trabalho no CT do Parque Ecológico.

O Timão estreia no Campeonato Paulista no próximo dia 20, contra o Paulista. São oito partidas na competição até o primeiro compromisso na luta pelo bicampeonato sul-americano, marcado para 20 de fevereiro, contra o San Jose, na Bolívia.

Como os titulares na conquista do Mundial só voltam na semana que vem, é boa a chance de Renato ganhar a sequência que espera no início do Estadual. Ele repetiu várias vezes que chegou “para somar, não para brigar com ninguém”, mas não negou a chance de sair na frente de Douglas e Danilo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Renato Augusto teve uma lesão no joelho e duas musculares que atrapalharam sua vida no Bayer Leverkusen
“Como eu falei, eu preciso de ritmo. Acredito que isso vá me ajudar, vou estar na frente dos jogadores que vão chegar depois. O importante é estar todo o mundo bem, depois o Tite define”, comentou o meio-campista, que ganhou um contrato de quatro temporadas.

Segundo ele, as lesões – uma no joelho e duas musculares mais sérias – estão para trás. A atenção individual que o Corinthians dá por meio de seus médicos, fisioterapeutas e preparadores físicos, dando a cada jogador uma carga que ele seja capaz de suportar, deixa-o otimista em relação a um futuro com menos problemas físicos.

“Estou bem perto da minha forma ideal. Pelos testes que fiz, acredito que eu esteja bem. Claro que preciso ser lapidado um pouco, mas acredito que esteja pronto rapidamente. Vou conversando com a parte médica para ter um trabalho especial e evitar lesões. Esse casamento vai dar certo”, apostou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade