Futebol - ( - Atualizado )

Zagueiro usa prancheta de Tite, chuteiras e luva para pintar Mundial

São Paulo (SP)

A conquista do Mundial foi mais uma oportunidade para Paulo André se pintar como um jogador diferente. O zagueiro que joga xadrez e escreve livros transformou peças usadas no Japão para criar obras plásticas que serão leiloadas.

Com a ajuda da artista Bia Tambelli, o atleta aproveitou uma prancheta do técnico Tite, um par de luvas do goleiro Cássio e chuteiras dos atletas que participaram da campanha. O conjunto é chamado de “Memórias de Yokohama”, em alusão à cidade onde o Corinthians fez 1 a 0 no Chelsea.

As fotos e um vídeo com a produção das obras foram disponibilizadas no site do zagueiro do Timão, que também oferece uma promoção. Por meio de concurso cultural, o público poderá concorrer a uma das chuteiras. As entidades que receberão a verba obtida com as obras são as seguintes: Instituto Criar, Instituto Paulo André e Projeto Velho Amigo.

Divulgação
O quadro "O Especialista", feito a partir da chuteira de Chicão, parceiro de Paulo André na zaga alvinegra

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade