Futebol/Amistoso - ( - Atualizado )

Alex não esconde ansiedade antes de reestreia pelo Coxa

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Neste sábado a torcida do Coritiba finalmente poderá ver em campo Alex vestindo novamente a camisa alviverde. O amistoso diante do Colón, no Couto Pereira, marcará a nova fase do jogador no clube. Mesmo com toda sua experiência, o meia não esconde a ansiedade de atuar pelo time do coração.

“Saí daqui em 1997 e hoje estamos falando em 2013. Em cima disso minha ansiedade existe porque tem o fator emocional. Se eu fechar o olho e olhar para trás há 20 anos eu estava ali na arquibancada torcendo muito em um momento de muita dificuldade do clube”, disse o jogador, recordando os problemas econômicos do clube. “Quem viveu o Coritiba de 1989 a 1995 sabe do que eu estou falando e do momento pesado que a gente vivia”, completou.

As mudanças ocorridas nas últimas décadas, no planejamento e na infraestrutura animam ainda mais o prata da casa. “Para mim realmente está sendo bem diferente porque eu sou torcedor deste clube há muito tempo. Eu vi um grande time em 1989 e depois uma situação bem dificil e ver esse clube se remodelando realmente me deixa bastante satisfeito”, afirmou.

Quando saiu, Alex ainda era uma promessa, mas os anos implacáveis para qualquer atleta, segundo o próprio, não castigaram seu físico. “Com certeza eu volto muito melhor de quando saí. Já ganhei grandes títulos, perdi grandes decisões. Joguei em vários países, aprendi a hora de correr um pouco mais, um pouco menos. Fisicamente mudei muito pouco dos 19 aos 35″, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade