Futebol/Campeonato Paranaense - ( - Atualizado )

Coritiba tem boa apresentação, se recupera e goleia Paranavaí

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Coritiba desfez a imagem ruim da estreia no Campeonato Paranaense e, em sua primeira partida diante do torcedor coxa-branca, no Couto Pereira, fez 4 a 1 no Paranavaí. Com o resultado, o Alviverde se reencontrou no caminho para o tetracampeonato e chega aos quatro pontos ganhos, ultrapassando o adversário, que estacionou em três.

O Coxa, que jogou com uma equipe mista, abriu o placar aos 13 minutos, com Robinho, em veloz contra-ataque. O gol do atacante foi o primeiro da equipe na temporada. Chico, aos 36, aproveitou rebote de chute na trave de Deivid para ampliar. Depois do intervalo, Robinho, com um belo chute colocado, fez mais um. Felipe Rafael descontou, aos 41, mas Deivid fechou a contagem com um golaço, já aos 45.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Cianorte, domingo, no Estádio Albino Turbay. No mesmo dia o Paranavaí recebe o Operário, de Ponta Grossa, no Estádio Waldemiro Wagner.

O jogo – O técnico Marquinhos Santos surpreendeu e colocou em campo dois dos chamados titulares: Deivid e Rafinha. Mas quem começou assustando foi o Vermelhinho, com Carlinhos Bahia, aos dois minutos, quase enganando Vanderlei. Na resposta, Robinho recebeu belo lançamento e bateu colocado em cima da defesa.

O Alviverde tentava impor seu jogo, especialmente pelas laterais. Aos oito minutos, Thiago Primão, na cara do gol, bateu para fora, na primeira chance real para abrir o placar.

Depois da pressão inicial, o ritmo caiu um pouco, com o Paranavaí marcando forte. Aos 12 minutos, Hesdras cobrou falta na área e a zaga tirou do jeito que deu, pela linha lateral. O Coxa voltou ao ataque e, aos 13 minutos, Rafinha encontrou Robinho entrando pela área e o meia não perdoou, fuzilando para dentro das redes, o primeiro gol alviverde na competição. De longe, Rafinha tentou ampliar, aos 20 minutos, mas o chute saiu sem força.

O Paranavaí não afrouxou a marcação e seguia dando trabalho ao Coritiba. Aos 27 minutos, Djair desviou na área, a bola bateu na trave e, na sobra, o próprio volante chutou para defesa de Naldo. Dez minutos depois, Deivid aproveitou cobrança de falta para chutar na trave e, no rebote, Chico ampliou.

Na segunda etapa, o ACP voltou com Célio Lima no lugar de Carlinhos Bahia. Aos dois minutos, bela tabela entre Rafinha e Deivid e Célio apareceu na hora certa para cortar. A marcação era forte nos dois lados. Aos sete minutos, Eltinho cobrou falta fechada e a bola quase enganou o goleiro. Até que, aos 13 minutos, Robinho dominou na entrada da área e bateu com categoria para fazer o terceiro.

Na sequência, com Rafinha protagonizou um belo lance, completando de calcanhar para as redes. O árbitro anulou marcando impedimento. Com o resultado praticamente definido, os dois treinadores começaram a queimar as alterações. O Coritiba administrava, mas estava mais próximo do quarto do que o Vermelhinho do primeiro. Aos 26 minutos, Júnior Urso soltou um petardo e a bola passou raspando a trave.

Em uma rara chegada, o ACP quase descontou com Neizinho, aos 31 minutos, com um chutou forte que foi interceptado pela defesa. Aos 37 minutos, Emerson Santos disparou a bomba e Naldo fez grande defesa, evitando o quarto. O gole de honra do Paranavaí aconteceu aos 41 minutos, com Felipe, que girou para cima da defesa e tocou para as redes. Mas o gol que valeu o ingresso veio aos 45 minutos, com Deivid, que viu o goleiro adiantado e, da entrada da área, tocou por cobertura.

Um pouco mais cedo – A segunda rodada começou às 16h30, no Eco Estádio Janguito Malucelli, com a primeira vitória do J.Malucelli, por 1 a 0, para cima do Cianorte, que perdeu a segunda seguida. O Jotinha abriu o placar aos 19 minutos da primeira etapa, com Leandro Costa, o que foi o suficiente para somar os três pontos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade